Publicado em 5/10/2008 as 12:00am

ICE prende cabeleireiro em Somerville - MA

Agindo de maneira branda, a prisão inidicou mudanças no tratamento com estrangeiros indocumentados

Por Elizabeth M. Simões

 

Na quinta-feira (02), sete oficiais do Immigration and Customs Enforcement (ICE), fizeram uma busca num salão de beleza localizado na Broadway em Somerville-Massachusetts, reduto da grande colônia brasileira. Embora o contingente de oficiais tenha sido expressivo, a ação foi descrita como uma operação tranquila.

O objetivo era localizar um imigrante com ordem de deportação que não compareceu à Côrte. O cabelereiro Adalton de Souza, de 26 anos, nascido na cidade de Itabira-Minas Gerais, havia recebido a notificação de desrespeito à lei, depois de ser flagrado ao atravessar a fronteira do México com os Estados Unidos.

Consciente da possibilidade de ser deportado, “ele já tinha preparado a sua volta para o Brasil, que estava prevista para o mês de dezembro. Tudo estava estruturado e encaminhado para a partida”, contou um dos amigos, que preferiu não identificar-se. “Inicialmente os agentes do ICE procuraram Adalton em sua residência e como não encontraram, foram até o salão onde ele trabalhava. Eles não interrogaram ninguém, nem pediram os documentos, saíram de lá na companhia dele sem que houvesse nenhuma checagem extra de clientes ou funcionários, tudo foi bem calmo”, descreveu.

Ainda conforme o relato do amigo, Adalton foi levado para uma cadeia na cidade de Cambridge e está sendo bem tratado no local. “Recebi algumas ligações dele e soube que o tempo de sua deportação será decorrente dos procedimentos de envio de documentos para o consulado. A família está providenciando os papéis no Brasil e a previsão é que em 40 dias Adalton seja liberado com o pagamento da passagem aérea”, contou.

O minieiro não possui restrições para telefonar para parentes e amigos. “Adalton encontrou com o primo, preso alguns dias antes, além de outros brasileiros, que tiveram suas cartas de deportação lavradas”, comentou o amigo. “Por telefone, Adalton confirmou que, juntos, eles estão fazendo churrasco e tocando um pagodinho”, concluiu.

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times)