Publicado em 14/10/2008 as 12:00am

"Desafio Cesário pelo cinturão!" declara revelação do Vale ? Tudo

Com apenas 3 lutas disputadas, sendo que a primeira foi vencida no tempo recorde de 6 segundos, o mineiro Rodrigo Almeida revela que seu próximo objetivo é tirar o cinturão da WFL de Cesário de Souza

Por Marcelo Zicker


Filho de um dos mais respeitados mestres de capoeira do mundo, o Mestre Chuvisco, o mineiro Rodrigo Almeida é apontado como uma das maiores promessas do Vale – Tudo mundial. A infância passada em rodas de capoeira, desenvolveu no jovem Rodrigo, o apreço pela modalidade de Vale- Tudo, onde  a agressividade dos golpes se confunde com a técnica adquirida em  artes – marcias como Jiu Jitsu e Muay Thai.

 

Em sua primeira luta, ele protagonizou o nocaute mais rápido que se tem notícia na modalidade, 6 segundos. “ Passei alguns meses treinando um soco de esquerda que eu acreditava ser um poderoso golpe. Nessa luta, tive uma oportunidade logo de início para realizá-lo” explica. A brutalidade do golpe levou o adversário Jarrad Johnson à lona, e fez do brasileiro o destaque daquela rodada de lutas.

 

A jovem revelação coleciona, em apenas 3 lutas oficiais, mais do que vitórias : coleciona o sabor da superação. “ Na minha segunda luta, eu enfrentei um adversário ( Roberto Conceição)  bem acima do meu peso, experiente,  e com muitos anos dedicados à uma modalidade que tenho pouco conhecimento, o Wrestling. Foi sem dúvida, um momento que fui além dos meus limites” relata o belohorizontino de 21 anos, que ainda enfrentou na terceira luta o lutador José Lopes, com 10 anos de experiência na prática do Muay Thai.

 

Mesmo em recém-lançada carreira,  Rodrigo pretende alçar voôs mais altos, que incluem disputar o cinturão World Fighting League (WFL), que atualmente pertence ao brasileiro Cesário de Souza. “ É meu próximo objetivo. Desafio o Cesário, que respeito como atleta, a me enfrentar na disputa desse cinturão. Claro que mantenho os pés no chão, com humildade, mas já dei provas que tenho condições” afirma Rodrigo.

 

 

 

História do Vale – Tudo

 

O Vale-Tudo tem origem por volta do ano de 1940 no Brasil. No Rio de Janeiro, os irmãos Hélio e Carlos Gracie percorreram academias da cidade desafiando oponentes de qualquer arte marcial para provar que o jiu-jitsu era a forma de combate mais eficiente.

Esses desafios dos Gracie eram chamados de "vale-tudo" e a partir daí surgiu o nome que se popularizou com o crescimento do esporte. Pensando em uma nomenclatura mais amena para a modalidade, os organizadores passaram a chamar tal esporte de MMA (Mixed Marcial Arts ou "Artes Marciais Misturadas"). Atualmente, as academias preferem o novo nome, mas, apesar disso, a maioria das pessoas conhece o MMA como "Vale-Tudo".

 

É uma modalidade desportiva de combate com regras pouco restritas, o suficiente para preservar a integridade física dos lutadores, bastante amplo em termos técnico-tático com um sistema muito próprio de preparação e desenvolvimento bastante complexo devido à exigência das lutas.

 

Atualmente existem diversos eventos de vale-tudo. O evento que mais difundiu a modalidade foi o Ultimate Fighting Championship. O Pride é outro evento popular de vale-tudo, que é realizado no Japão e já destacou muitos lutadores de diversas categorias de artes marciais. ( Fonte : www.abril.com  / Wikipedia)

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times )