Publicado em 21/10/2008 as 12:00am

Novo Departamento de Polícia em Somerville

Necessidade de "Vida ou Morte" ? Logo na estréia do departamento, um salvamento atestou a importância de poder contar com oficiais que estejam por perto nos momentos adversos e cruciais

 

Por Elizabeth Simões

 

Com menos de duas semanas de operação o novo departamento de polícia, localizado no 81 da Broadway Street, em Somerville-Massachusetts já provou ser tão eficaz e fundamental quanto uma questão de “vida ou morte”. Normalmente as pessoas relacionam o significado de um escritório policial apenas como um órgão de combate ao crime, mas a missão corriqueira desses oficiais é lidar com os imprevistos que superam os simples casos de Lei e ordem.

 

Foi dessa maneira inesperda que o policial brasileiro Diogo de Oliveira, atendeu ao chamado de emergência na academia de artes marciais, ao lado do restaurante Gauchão, que está situado a poucos passos do novo departamento. “Oliveira chegou rapidamente ao local e prestou os primeiros socorros a um atleta que sofreu uma parada cardíaca durante o seu treino. O oficial aplicou a técnica de reanimação , chamada Cardiopulmonary resuscitation (CPR) e salvou a sua vida”, explicou o Capitão Michael Devereaux,  a respeito da massagem cardíaca realizada no lutador.

 

Na segunda-feira (20), Devereaux Michael disse em entrevista ao jornal Brazilian Times, que a abertura do escritório foi estrategicamente pensado para estar localizado no centro do comércio e visível para a grande parte da população que reside em East Somerville. “Essa é uma área segura, a vizinhança é formada por pessoas trabalhadoras que circulam pelas ruas com tranquilidade”, definiu o capitão.

 

Falando de residentes, Devereaux demonstrou conhecer os moradores da região, ele destacou, “Sei que a cidade possui muitos imigrantes. Sou descendente de Canadenses e entendo que existam muitas diferenças culturais no tratamento social expressado por cada nacionalidade.”, disse em tom de compreensão. Mas alertou que os imigrantes também tem o compromisso de respeitar as Leis do país.

 

Pelo menos doze policiais em exercício são bilíngues e seis deles falam a língua portuguesa. “Estamos empenhados em manter o bom relacionamento da polícia com os residentes e para isso, a comunicação é essencial”, disse o capitão.

 

Interessado em mapear as possíveis queixas da comunidade,  Devereaux, que ainda está empenhado em tornar o departamento de polícia um lugar acolhedor, nessa fase de estréia do novo imóvel, divulgou o telefone de contato (617) 623-0461, para que os brasileiros, independente de seu status migratório, possam dialogar e ajudar na segurança de Somerville. A linha telefonica, disponibilizada pelo capitão será ativada na próxima semana.

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times)