Publicado em 23/10/2008 as 12:00am

Entrevista com Peter Gee, cirurgião plástico

Antes de fazer uma cirurgia plástica os pacientes sentem inseguranças comuns pertinentes ao sucesso da operação, em primeiro lugar, temendo olhar-se no espelho e não gostar do resultado



Antes de fazer uma cirurgia plástica os pacientes sentem inseguranças comuns pertinentes ao sucesso da operação, em primeiro lugar, temendo olhar-se no espelho e não gostar do resultado. Depois, seguem as preocupações com o trauma operatório e com a saúde.

 

Além desses frequentes anseios, alguns, mesmo sentindo-se incomodados com os aspecto físico, também desconhecem que, com a evolução da medicina, os preços de uma cirurgia plástica são mais acessíveis aos pacientes. “A mudança é feita no corpo, mas os pacientes confessam que ela também promove uma melhora interna, emocional, e sentem bem estar com a nova imagem”, disse Peter E. Gee.

 

 

 

Peter E. Gee é um experiente cirurgião plástico, cuja carreira inclui passagem por Hospitais conceituados internacionalmente, como o Massachusetts General Hospital (MGH), em Boston. Em entrevista, o médico desmistificou grande parte das lendas criadas na internet sobre cirurgia plástica

 

 

 

De que maneira uma pessoa deve se preparar para a cirurgia?

 

Existem algumas instruções para o paciente cumprir, mas inicialmente a primeira delas é o preparo mental. Ele deve entender que o resultado não é imediato, a principio a região apresentará um grande inchaço e o operado não poderá constatar os efeitos da cirurgia rapidamente. Ele deve planejar várias semanas a frente para cuidar do inchaço. Também devem estar preparado para a cicatriz, mas ela vai melhorando com o tempo.  Exercício físico e a mudança de hábitos antes e depois da cirurgia também são recomendados.

 

 

 

A aplicação de botox, para reduzir linhas de expressão, pode causar algum dano ao organismo?

 

Existem muitas lendas a respeito do botox, uma delas é de que ele afeta o cérebro (risos), mas isso não é verdade. O que já ocorreu, por exemplo, foram alguns casos isolados de imprudência com relação a super dosagem. Creio que tenha acontecido na Flórida; uma pessoa teve parte do corpo paralisada após a aplicação exagerada. Mas (ressaltou), os profissionais sabem que o processo é muito simples, trata-se apenas de algumas pequenas injeções desse líquido.  Dependendo da cavidade, aproximadamente após seis meses ele é absorvido pelo corpo e completado esse período, o paciente poderá aplicar uma nova dose necessária para o preenchimento da região. Sei de uma paciente que usa botox a dez anos e está saudável e bonita.

 

 

 

No Brasil há relatos de pacientes que faleceram após receberem a anestesia geral. Quais são os ricos reais durante uma cirurgia de lipoaspiração?

 

Normalmente a anestesia geral é usada por causa da grande extensão operatória, mas é o sangramento uma das maiores preocupações. É por isso que eu escolho operar sempre em hospitais, no lugar de clínicas, pois existe toda uma infra-estrutura preparada para dar apoio, caso seja necessário.

 

    

 

Qualquer pessoa, incluindo os homens, podem fazer a lipoaspiração para reduzir a gordura da barriga?

 

O procedimento é realizado com frequência em mulheres, principalmente após as alterações da gravidez. Os homens, normalmente possuem uma gordura interna, chamada visceral, não removível com a lipoaspiração, nesse caso, o ideal é que eles procurem adotar uma boa dieta e façam exercícios.

 

 

 

O uso de silicone para dar volume aos seios é seguro?

 

Sim, atualmente as marcas oferecem diversos modelos e até garantias para um novo implante se fosse necessário, mas não tive nenhuma paciente que já precisasse usar essa garantia. Inclusive, o implante tem sido benéfico na reconstrução de mamas daquelas que sofreram de câncer. E atualmente, os preços são compatíveis com boa parte da população.   

                

Para esclarecer as suas dúvidas diretamente com Doutor Gee, ligar para (617) 590-6751.

Fonte: (Da redação)