Publicado em 29/10/2008 as 12:00am

Brasileiro é preso acusado de tentativa de sequestro em Worcester - MA

Perdido e sem falar inglês, o mineiro Pablo Souza abordou uma americana para informações em Worcester. Confusa e assustada, ela chamou a polícia, acusando-o de tentativa de sequestro

Por Marcelo Zicker


O mineiro Pablo Souza foi preso no domingo ( 19) , sob acusação de tentar sequestrar uma americana, próximo à Park Avenue, em Worcester. Pablo, que não fala inglês, se encontrava perdido em uma parte da cidade e , na tentativa de se nortear,  pediu informações à cidadã norte-americana que estava acompanhada de sua mãe. Assustada com a abordagem, ela imediatamente chamou a polícia.

 

Segundo depoimentos, naquele dia Pablo voltava de Framingham num carro de um amigo, quando foram parados por uma blitz policial. Seu amigo, que guiava o carro, não possuia Driver’s License válida e foi detido. Sozinho, ele vagou pela cidade por aproximadamente 2 horas até o momento de decidir abordar alguém procurando ajuda. E a partir daí, começou o pesadelo na vida do mineiro que,  após avistar  a chegada dos policiais acompanhados de cães , seguiu em fuga até ser capturado e levado para atrás das grades.

 

Uma das pessoas com as quais Pablo tentou um contato inicial após ficar perdido, Hilto Rosa pôde sentir um pouco da agonia vivida pelo mineiro de São Domingos Das Dores. “ Ele estava desesperado, não sabia pra onde seguir. O fato de não falar inglês deixou ele ainda mais atordoado. A bateria de seu celular estava acabando e não pode ligar para muitas pessoas” diz Hilto, que foi a caminho do amigo, mas não conseguiu encontrá-lo. “ Fui com um amigo meu dirigindo e ficamos por muito tempo tentando achar ele, porque nem ele mesmo sabia nos explicar onde estava. Quando o celular dele teve a bateria descarregada, perdemos o contato de vez” testemunha Hilto, que só soube da prisão do amigo na terça – feira ( 21).

 

Susto e revolta

 

“Tenho certeza  que ele não seria capaz disso. Conheço bem ele e a sua família, e sei que ele é uma pessoa muito ‘respeitadora’ , não tenho dúvidas que tudo isso não passa de um engano” afirma Hilto, que conhece Pablo há algum tempo. “ Essa mulher que acusou deve ter ficado com medo, não sei.  Ele nao é agressivo, morou com a gente, temos muita amizade” termina Hilto.

 

 

Versão da vítima

 

Conforme o site NECN.com reportou , a acusadora afirmou que Pablo “ a abordou enquanto ela e sua mãe estavam andando para casa depois de jantar em um restaurante local”. Na tentativa de tentar demonstrar as direções, supostamente ele arrastou-a para um bosque que se encontrava ao lado.  "Ele veio atrás de nós agarrou-me e tentou puxar-me para o bosque porém me desvencilhei, reagi e fugi" afirma a vítima, que não teve o nome revelado. Ela e sua mãe fizeram o telefonema para a polícia a um quarteirão de distância do local do acontecido. Pouco depois a polícia chegou realizando buscas utilizando cães para encontrar Pablo.

 

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times)