Publicado em 20/11/2008 as 12:00am

Cooperativa Vida Verde tem novas coordenadoras

O Grupo Mulher Brasileira e a Cooperativa de Mulheres Vida Verde têm o prazer de anunciar que Helen Sinsker, Kenia Santiago e Ruth Alves são as novas Coordenadoras da Cooperativa, efetivo dia 17 de novembro último

 

O Grupo Mulher Brasileira e a Cooperativa de Mulheres Vida Verde têm o prazer de anunciar que Helen Sinsker, Kenia Santiago e Ruth Alves são as novas Coordenadoras da Cooperativa, efetivo dia 17 de novembro último. As três substituem Mônica Chianelli, que começou a Cooperativa de housecleaners e a linha de produtos de limpeza naturais há três anos. Depois de oito anos morando em Somerville, Mônica está retornando para o Brasil com a família.  Ela fez parte do Grupo Mulher Brasileira durante sete anos e fará muita falta. Todos nós lhe desejamos tudo de bom.

Helen Sinsker trabalhou com direitos dos trabalhadores e assuntos relacionados com saúde dos trabalhadores durante quatro anos para o Centro do Imigrante Brasileiro e, mais recentemente, para o Centro de Trabalhadores Imigrantes do Metrowest. Ela também trabalhou no projeto Cobweb, uma parceria entre a Universidade de Massachusetts em Lowell e o Centro do Imigrante Brasileiro. Kenia  Santiago é co-fundadora da Vida Verde. Ela veio de Itanhomi, em Minas Gerais, para Brighton em 2003 e sempre trabalhou como housecleaner e babá. Ruth Alves é de Paranavaí, no Paraná, e tem dois filhos. Ela trabalha como housecleaner desde 2003 e faz parte da Cooperativa há quase dois anos. “É natural que a sucessão venha de dentro da Cooperativa”, disse a presidente do Grupo, Heloisa Galvão. “Tanto Kenia como Ruth estão compromissadas em ajudar a Vida Verde a evoluir. O trabalho da Cooperativa já está ajudando a expor a exploração no mercado de trabalho e a melhorar os padrões de saúde na área de limpeza”.

Kenia e Ruth acreditam no uso dos produtos naturais e estão ansiosas para enfrentar os desafios de liderar a Cooperativa. “Nós estamos juntas nisto para continuar o trabalho que Monica começou de educar as pessoas sobre os riscos dos tóxicos, ao mesmo tempo em que introduzimos os produtos verdes”, disse Ruth. “Eu estou honrada pela confiança em mim depositada e por poder ajudar outras pessoas. O trabalho da Cooperativa é muito importante para nossa comunidade”, acrescentou Kenia. Para Helen, é uma satisfação fazer parte de um “projeto que já deu certo e já está dando frutos. Além disso, é um projeto no qual as pessoas estão muito envolvidas. Estas mulheres estão dispostas a melhorar as condições de trabalho da imigrante brasileira”.

A Vida Verde comemora dia 6 de dezembro seus terceiro aniversário com um evento na sede do Grupo Mulher Brasileira (569 Cambridge Street, Allston), das 12 às 15 horas. O programa é aberto ao público e vai marcar a posse oficial de Helen, Kenia e Ruth.

Fonte: (Grupo Mulher Brasileira)