Publicado em 9/01/2009 as 12:00am

EXCLUSIVO - Brasileiro explica namoro com cantor do New Kids on The Block

Kyle viveu quase quatro anos com Jonathan e a separação aconteceu devido à falta de tempo

Nesta semana foi veiculado em diversos jornais impressos e sites, a capa da revista norte-americana National Enquirer sobre o relacionamento amoroso do brasileiro Kyle Wilker com o cantor do grupo New Kids on The Block, Jonathan Knight. Mas todas as informações não foram suficientes para sanar a curiosidade dos leitores sobre o assunto, pois ninguém teve acesso ao conteúdo completo.

A reportagem do jornal Brazilian Times, mais uma vez saindo na frente, conseguiu uma entrevista exclusiva com Kyle, o qual contou tudo que aconteceu e quais foram os motivos que o levaram a tornar público o namoro que teve com o cantor conhecido internacionalmente.

 

Brazilian Times – Você é natural de qual estado brasileiro?

Kyle Wilker –Eu nasci em Balneário Camboriú, que fica no litoral centro norte de Santa Catarina.

 

Brazilian Times – Há quanto tempo você mora nos Estados Unidos?

Kyle Wilker – Eu vim para este país com seus anos de idade, junto com os meus pais. De início moramos em New York e agora eu estou em Boston, Massachusetts.

 

Brazilian Times – Como você conheceu o Jonathan?

Kyle Wilker –  Existe uma ilha em New York chamada Fire Island (Ilha do Fogo). Um local bastante procurado durante o verão. Muitos modelos são contratados para trabalhar de bartender e, em 2005 eu consegui uma vaga lá. Foi aí que o conheci através de um amigo que tínhamos em comum. Na época, eu tinha 23 anos de idade e ele 36.

 

Brazilian Times – E como aconteceu o primeiro contato?

Kyle Wilker –  Bem, logo de cara nos demos muito bem e ficamos horas conversando. Falamos de tudo, família, amigos, viagens, manias, gostos e muito mais, mas não rolou nada. Apenas conversamos. Nem se quer peguei o contato dele.

 

Brazilian Times – Se você não pegou contato dele, como foi que o encontrou novamente?

Kyle Wilker –  No final do mesmo verão, eu fui convidado por um amigo para ir a um show da cantora de Ashlee Simpson, em Boston. Ele também estava lá e este foi o segundo contato que tivemos. Neste dia ele me convidou para jantar com ele e saimos, ainda como amigos.

 

Brazilian Times – Mas então, quanto tempo levou para que o relacionamento tivesse início?

Kyle Wilker –  Nós continuamos saindo como amigos durante quatro meses, mas eu já havia percebido o interesse dele por mim. Depois de quatro meses resolvemos assumir um relacionamento.

 

Brazilian Times – E quanto ao que as pessoas iriam pensar?

Kyle Wilker –  Ele é uma pessoa super confortável quanto a sua sexualidade e nunca passou pelas nossas cabeças o que as pessoas pensariam sobre nosso namoro. Nós estávamos nos curtindo muito e não seriam terceiros que iriam atrapalhar nossa felicidade.

 

Brazilian Times – Quanto tempo durou este namoro?

Kyle Wilker –  Nós namoramos um ano e oito meses. Depois terminamos devido à falta de tempo, pois ele trabalhava muito e eu também. Estava ficando difícil nos encontrar. Mas depois de oito meses nós reatamos para tentar novamente e ficamos juntos por mais um ano.

 

Brazilian Times – O que você tira de bom ou ruim deste relacionamento?

Kyle Wilker –  De bom, eu diria que foram momentos muito felizes, pois Jonathan é uma pessoa muito especial. Agora, de ruim, só a maldade das pessoas, que diziam que nós havíamos terminado devido à uma traição. Isso é inverdade. Terminamos devido a falta de tempo mesmo. Mas ainda somos muito amigos.

 

Brazilian Times – Durante o tempo que vocês ficaram juntos, que tipo de programas faziam?

Kyle Wilker –  Nós erámos um casal como outro qualquer. Curtíamos baladas, shows, jantares e as vezes ficar em casa. Não escondíamos de ninguem nosso namoro. Saíamos de mãos dadas e todos os nossos amigos e familiares sabiam que eu e o Jonathan  estávamos juntos.

 

Brazilian Times – Neste tempo em que vocês ficaram juntos, onde você morava?

Kyle Wilker –  Eu já estava morando em Boston e ele em North Shore, ambas as cidades em Massachusetts. Nunca moramos juntos.

 

Brazilian Times – E quando ficavam em casa, o que faziam?

Kyle Wilker –  Assistiamos à programas televisivos, acompanhados de um vinho e uma boa comida. Mas sempre era eu quem cozinhava. Ele não sabe cozinhar nada.

 

Brazilian Times – E quanto à sua família. Como era o relacionamento com Jonathan?

Kyle Wilker –  Uma relação muito boa. Todos o respeitavam e ele sempre visitava a casa de meus pais.

 

Brazilian Times – Mas agora sobre a revista. O que te levou a tornar público o relacionamento de vocês?

Kyle Wilker –  Esta entrevista foi mais em razão de que eu não estava mais suportando a pressão por parte das pessoas que queriam saber quais os motivos de nossa separação e para desmentir de uma vez por todas aqueles que espalharam boatos de que tivemos um término de namoro horrível. Na entrevista deixei claro que terminamos numa boa e que ainda somos amigos. Não existe dinheiro envolvido nesta história conforme estão dizendo.

 

Brazilian Times – Você fala em dinheiro. Quando esteve junto com ele, muitos diziam que era por interesse. O que você diz a respeito disso?

Kyle Wilker –  Nunca estive interessado em dinheiro ou fazer nome através deste namoro. Tanto é que assim como ele pagava nosso jantar, eu também pagava. E outra coisa, eu trabalho demais e sempre paguei minhas contas com meu próprio trabalho.

 

Brazilian Times – Falando em trabalho, você é apenas modelo?

Kyle Wilker –  Uma ótima pergunta, pois agora você me deu a oportunidade de esclarecer algumas coias. Todos os noticiários estão se referindo a mim como modelo. Realmente eu atuo no campo da moda, mas quero deixar claro que sou enfermeiro e trabalho full-time para uma família há três anos e meio, como private home care. Faço 60 horas por semana.

 

Brazilian Times – E as fotos de vocês dois em baladas, se beijando. Por que você deixou que a revista tivesse acesso?

Kyle Wilker –  Eu queria contar a minha história e não havia como falar do nosso namoro sem ter uma foto para provar. Por isso liberei as fotos.

 

Brazilian Times – A revista ainda não foi para às bancas, mas a capa vazou e está na mídia do mundo inteiro. Como está sua vida agora?

Kyle Wilker –  Como dizem, parem o barco que eu quero descer. Não pensei que isso fosse causar tanta repercussão. Fui obrigado a desligar meu telefone e desmacar alguns trabalhos como modelo. Estou evitando sair, pois algumas pessoas da comunidade gay estão criticando minha atitude.

 

Brazilian Times – Você me disse que depois do namoro a amizade permeneceu. E agora depois de você tornar público o namoro, como ficou o relacionamento?

Kyle Wilker –  O Jonathan disse que entendeu o meu lado de certa forma, mas que eu fui precipitado. Mas não abalou nossa amizade.

 

Brazilian Times – Você guarda algum momento especial do relacionamento?

Kyle Wilker –  São muitos momentos especiais que fica difícil de citar. Ele é uma pessoa muito carinhosa, sempre na dele. O nosso relacionamento foi tão bom, por isso permaneceu o carinho como amigos.

 

Brazilian Times – E agora, você está namorando outra pessoa?

Kyle Wilker –  Quanto a mim prefiro deixar em segredo, em relação à ele, acredito que está sozinho.

 

Brazilian Times – Finalizando, existe a possibilidade de vocês retornarem?

Kyle Wilker –  Atualmente temos um carinho muito grande um pelo outro, mas como amigos. Não me preocupa a possibilidade de um retorno.

Fonte: (http://avozdoimigrante.wordpress.com )