Publicado em 15/01/2009 as 12:00am

Americana de CT declara amor pelo Brasil

A americana Nika Rey, que reside em Connecticut, aprendeu português sozinha, diz adorar Samba e 'Guaraná' e afirma : " Quero casar com um brasileiro!"

Por Marcelo Zicker


É muito comum entre os brasileiros que moram nos EUA, a reclamação de que existe muito preconceito advindo  do povo americano contra estrangeiros. Pouco se sabe, que muitos dos americanos, em contato com a nossa cultura e povo, acabam por nutrir uma grande simpatia e até um desejo em fazer parte daquela nação de alguma forma.

 

            É o caso de Shanequa Douglas-Rey,  conhecida como Nika Rey, que vive no estado de Connecticut e aos 16 anos experenciou o primeiro contato com a cultura tupiniquim. “ Minha melhor amiga  namorava um brasileiro, então eu convivia muito com eles, sempre saíamos juntos, fazíamos os mesmos programas. Daí fui criando simpatia por essa linda cultura” afirma Nika.

 

Aprendendo a língua

 

            Uma das primeiras coisas que chamaram a atenção de Nika em contato com a cultura brasileira, foi a lingua. “ Acho a mais bonita língua do mundo, sou completamente apaixonada. Tem dois anos que estudo por conta própria, comprando livros, escutando música, fazendo novos amigos brasileiros” afirma a norte-americana de 18 anos, que cita Ivete Sangalo , Banda Eva e Natiruts como seus artistas favoritos. Ela ainda se considera eclética, afirmando  escutar muita bossa nova, samba, axé  e rock brasileiro. Porém o que ela gosta mesmo é de requebrar ao som de muito Funk Carioca . “ Adoro a dança do Créu!” confidencia.

 

            Outro entusiasmo declarado é com relação a comida típica da pátria verde-amarela. Nika afirma adorar feijoada, tropeiro , coxinha além de ser 'alucinada' por guaraná. “ Eu não fico um dia sem tomar guaraná, acho uma delícia. Com coxinha então, nem se fala, muito gostoso!!” declara a estudante da Universidade de Connecticut, em bom português, resultado de muitas horas dedicadas ao estudo da língua, sempre com a ajuda de livros e filmes.

 

Pra onde quer que vá , sempre vestindo o orgulho

 

            Nika tem uma mania curiosa de demonstrar o forte sentimento pelo país. Ela sempre carrega consigo um chapéu com as cores brasileiras, e que não hesita em usar  sempre que pode. “ Eu amo o Brasil , então o chapéu é uma maneira de demonstrar todo esse amor e identificação com uma terra com costumes tão bonitos, uma cultura e história tão interessante” afirma , novamente impressionando pelo português em bom tom e pronunciação. Em uma cerimônia na sua universidade, ela chegou a receber uma premiação ao recitar o poema “Bons Amigos” de Machado de Assis. “Meus pais ficaram muito orgulhosos ,ele me apoiam bastante na minha paixão” completa.

 

O sonho está próximo

           

 

            Sua melhor amiga brasileira, Jéssica Pinho Andrade, retornou para o Brasil em setembro de 2008, e apesar da tristeza, ela afirma que agora tem o motivo que faltava para conhecer o país. “ Pretendo ir visitá-la no fim do ano, onde pretende passar o Natal . “ Vai ser a viagem da minha vida. Vou poder conhecer todos os lugares de que meus amigos sempre me falam, fazer ainda mais amizades e quem sabe conseguir um dos meus objetivos : casar com um brasileiro” relata , rindo.

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times )