Publicado em 21/01/2009 as 12:00am

Brasileiro tenta matar outro com um machado

Um homem foi atacado no rosto por um brasileiro, com uma arma parecida com um machado. O incidente aconteceu no domingo, 11 de Janeiro, e o brasileiro, Elson Telles, foi preso sem direito a fiança na corte de Taunton

Um homem foi atacado no rosto por um brasileiro, com uma arma parecida com um machado. O incidente aconteceu no domingo, 11 de Janeiro, e o brasileiro, Elson Telles, foi preso sem direito a fiança na corte de Taunton. Ele foi condenado a 90 dias na casa de correção.

A decisão da juiza foi baseada em fotos tiradas no hospital após o ataque, que mostravam feridas no rosto, cabeça e costas da vítima, como também foram apresentadas outras provas pelo policial Jayson LaPlante, da Polícia de Taunton.

A juiz O’Shea qualificou as provas de “claras e convincentes”. Ela também elogiou o testemunho do policial LaPlante. Elson Telles ainda terá que enfrentar outro julgamento, em 6 de Fevereiro. Ele foi acusado de tentar matar Valcenir Lira com uma arma que os oficiais chamam de mini-machado . Elson teve todo o procedimento traduzido para o português por Teresa Oliveira, uma tradutora profissional do Serviço de Intérpretes da Corte Estadual.

Ele não demonstrou estar nem um pouco arrependido por sua ação, depois que a juiza leu sua sentença. O advogado de defesa John Dingee afirmou que Elson não foi uma ameaça fatal para Valcenir, que chegou a dar uma entrevista para uma estação de TV de Providence na qual afirmava que perdoava Elson Telles pelo que foi feito. O incidente aconteceu num prédio de apartamentos na 208 Bay Street.

Valcenir Lira disse aos policiais que Elson Telles, seu antigo roomate, bateu em sua porta e logo começou a atacá-lo na cabeça com algo que ele imediatamente não conseguiu saber o que era e que estava enrolado num papel de construção, coberto com tape de cor amarela.

O relatório da polícia inclui uma referência a um centro de emergência no Morton Hospital, que mostrou que os cortes do lado direito do rosto de Lira chegavam na altura do queixo.

Elson Telles foi preso em meia hora, logo após o ataque. A polícia informou que ele estava tentando fugir, depois de jogar o seu carro contra um poste de telefone na Danforth Street.  O policial LaPlante testemunhou que Elson respondeu a todas as suas perguntas, inclusive sobre o mini-machado encontrado com marcas de sangue em seu carro.

No carro, também foi encontrado o seu passaporte e mais de $3 mil dólares em cash. Telles confirmou que o dinheiro era para ser usado numa viagem que estava planejando fazer ao Brasil.

Fonte: (Da redação)