Publicado em 10/02/2009 as 12:00am

Brasileiros participam de academia de polícia em Yarmouth ? MA

Após alguns episódios que colocaram a credibilidade da polícia de Yarmouth ? MA 'em cheque' com a comunidade brasileira, academia é promovida para esclarecer atuação policial

 Por Marcelo Zicker



Protagonista de alguns tristes acontecimentos relacionando a atuação policial e a comunidade brasileira, a Polícia de Yarmouth – MA está promovendo um curso no qual os participantes , cidadãos americanos e representantes da comunidade estrangeira, tem oportunidade de vivenciar o dia-a-dia da polícia, nos seus mais cotidianos aspectos. Esse ano,  não só moradores da região de Yarmouth foram selecionados, mas outras regiões de Massachusetts terão representantes. 

 

 

Esclarecer e educar

 

A Yarmouth Police Citizen Academy ocorre anualmente e tem como objetivo principal esclarecer a sociedade quanto ao exercício da ação polícial, como certos procedimentos são adotados e como devem ser botados em prática. Esse ano, 6 brasileiros participarão da academia. “ É um oportunidade fantástica para as pessoas terem conhecimento de como a polícia age e o que ela pode ou não fazer em situações perigosas” testemunha Luci Duarte, comerciante e tradutora da Polícia de Yarmouth. “ Os participantes farão um ‘treinamento’.  Cada pessoa passará 4 horas com um policial,  vivenciando situações comuns na atuação policial, como procedimentos de seguranca, como parar um carro, , como atender aos chamados da 911, aprender como a SWAT atua” completa Luci.

Participação independe de status imigratório

 

Para quem quiser aplicar para participar da academia, além de todo procedimento de aplicação, que deverá ser feito na delegacia de Yarmouth – MA,  uma verificação no histórico criminal será realizado. O  status migratório, porém,  não será levado em consideração em nenhum momento. “ É importante que as pessoas saibam que a polícia não pode intervir nessa questão e não tem interesse nela. Qualquer pessoa, independente do status migratório, poderá aplicar para participar” aconselha Luci, que há 25 anos reside nos EUA e é natural de Sete Lagoas, Minas Gerais. A academia iniciou no dia 28 de Janeiro , ocorrendo todas as quartas- feiras, e seguirá até o dia 15 de Abril. As inscrições para esse ano já se encerraram.

 

Polêmicas

 

No ano passado, certos fatos comprometeram a credibilidade da polícia de Yarmouth com a comunidade estrangeira residente nos    EUA, em especial, a brasileira. Em julho, o policial Christopher Van Ness atirou a queima roupa contra o carro no qual o paraense André Martins dirigia em West Yarmouth. Baleado, o brasileiro não resistiu aos ferimentos. 3 semanas antes, o mesmo policial agiu com violência ao abordar uma motorista que estava com a lanterna traseira quebrada. Nicole Silva foi abordada com uma arma apontada para a sua direção, e se disse intimidada a fazer ao teste de verificação alcoólica.

 


Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times )