Publicado em 13/02/2009 as 12:00am

" Luto com ele amanhã , se ele quiser" afirma Cesário de Souza

Ressentido pela derrota na luta com o jovem Rodrigo Almeida, ocorrida no sábado passado, Cesário diz que está com sede de revanche

Um novo combate. Assim deseja Cesário de Souza, grande destaque brasileiro no Vale-Tudo em terras americanas. Segundo ele, a luta do dia 7 ocorrida no Club Lido em Revere - MA, foi dominada por estratégias e táticas de 'estudo' do adversário, no qual Rodrigo foi melhor em botá-las em prática. “ Ele fez um jogo pra ganhar. Ele praticamente não me atacou, me prendia e me jogava no chão o tempo todo. Tentou neutralizar minha técnica com uma boa estratégia” justifica Cesário, reconhecendo o mérito do adversário.

 

Segundo ele, acima de tudo, foi uma grande festa do esporte. “ O local estava totalmente tomado. Muita gente ficou de fora e a torcida foi muito participativa, não pensei que eu tinha tantos admiradores do meu trabalho, eram milhares de pessoas” afirma, com  satisfação. Cesário porém, afirma que quer revanche, e que agora vai estar mais preparado para adaptar sua estratégia à do adversário. “ Eu luto com ele a hora que ele quiser. Dessa vez, vou estar mais preparado para enfrentá-lo e neutralizar esse 'jogo tático' que ele adotou na última luta” desafia Cesário.

 

O lutador se diz surpreso com a humildade de Rodrigo e enxerga sucesso no adversário. “ Ele foi me cumprimentar antes da luta, falar que era um grande prazer estar lutando comigo. Acho que ele chega no longe no esporte, com atitudes como essa” afirma.

 

 

Mais um degrau alcançado

 

Já para Rodrigo, a luta foi o primeiro passo para seu objetivo maior. “ Quero um dia chegar no lugar máximo do Vale – Tudo, em competições do UFC e o WCF. Estou praticamente a duas lutas de conseguir isso, e estou confiando que vou conseguir” afirma o lutador.

O segredo para ele é sempre se preparar para enfrentar o melhor. “ Eu sempre enxergo que vou enfrentar um 'monstro' , o melhor, e tiro forças e vontade para me superar. Com o Cesário foi a mesma coisa. Eu quis enfrentá-lo porque sei o quanto ele é bom, mas pude provar para mim mesmo que sou capaz de vencer os melhores” afirma Rodrigo.

 

 

A vitória veio, segundo o lutador, com a utilização de um jogo estratégico, com técnicas que anularam as 'armas' mais forte de seu adversário. “ Quando você sabe que um cara é bom, você tem que quebrar ele por partes. O forte do Cesário é o jogo em pé , utilizando muito os socos e chutes. Eu tentei cansá-lo nesse sentido, e felismente, fui vitorioso” revela o jovem campeão, que faz parte da academia BMAC. Ele ainda manda um recado para aqueles que o apoiam. “ Tenho que agradecer a todos da academia, em especial o mestre Marcelo, meu pai , minha família e todos  que fizeram desse sonho uma realidade” termina.

 

 

Nova revelação

 

Seguindo os passos de Rodrigo, o jovem Emilson Neves, conhecido como Ryu, também teve seu momento de glória no dia 7, . Ele também venceu sua luta representando a BMAC, e demonstrou já ser uma nova promessa na categoria. E sonha alto. “ Eu também penso como Rodrigo, quero chegar no topo. Por isso vou continuar treinando forte para um dia eu estar entre os melhores” afirma. “ Tenho só que agradecer a Deus e a todos que me apoiaram, mestre Marcelo e toda a galera da academia” finaliza, demonstrando a mesma humildade do companheiro de academia, Rodrigo.

 

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times )