Publicado em 27/02/2009 as 12:00am

Imigrantes tem novo plano de saúde sem burocracia

Sem contar com um sistema universal de saúde, que contemple toda a população gratuitamente, os EUA convive com o problema do alto custo dos planos privados de saúde

Sem contar com um sistema universal de saúde, que contemple toda a população gratuitamente, os EUA convive com o problema do alto custo dos planos privados de saúde. Além de toda a burocracia solicitada, entre documentos e comprovações de renda, o preço a se pagar muitas vezes foge da realidade financeira de muitos brasileiros que residem no país. Atrelado a isso, junta-se o fato de que muitos brasileiros, em situação irregular no país, se sentem intimidados em fazer uma aplicação, com medo de se exporem à ‘malha fina’ da imigração.

 

Uma alternativa a todos esses problemas acaba de chegar ao mercado. Se trata de um plano de saúde baseado em descontos, o RSD,  que a partir de uma simples mensalidade, de $59.95 no pacote familiar, e $39.95 no pacote individual, o cliente poderá se beneficiar por descontos que chegam à até 80% em consultas médicas, dentais e relacionadas a visão, além de deduções também nos preços de medicamentos. “Não tem carência e nem limite de uso. É só utilizar o telefone demonstrado no cartão de associado, e falar com uma de nossas atendentes, que vão aconselhar o melhor procedimento a ser tomado. Além disso, temos assistência em português” afirma a representante da empresa, Ziza Silva, que reintera a rapidez do processo de aplicação. “ De 7 a 10 dias, o associado irá receber um catálogo, com médicos e clínicas conveniadas, e um cartão. Ou seja, pouco após aplicar para o plano, ele já poderá utilizar os novos serviços com comodidade e facilidade” completa.

 

Status-imigratório não é levado em consideração

 

Ziza salienta um ponto importante a quem quiser se inscrever. É o fato de que qualquer pessoa que mora nos EUA, independente do status- imigratório e de qual estado residir, está apta a aplicar ao programa. “ O programa atinge a todo país, sendo que uma pessoa pode utilizar o programa em qualquer parte do país. A questão migratória não importa, e os únicos documentos a serem solicitados serão data de nascimento, endereço e conta bancária. O pagamento será direto na companhia, não tendo o intermédio de nenhum terceiro” explica.

 

 

Não é um seguro-sáude e sim um plano de descontos

 

Ziza alerta para o fato de se tratar de um plano de descontos e não um seguro-saúde. “ O objetivo é fornecer ao cliente acessibilidade à saúde do país, dando descontos substanciais na compra de medicamentos e em consultas médicas” . Ela cita 2 exemplos interessantes de pessoas que se beneficiaram do programa. “ Uma cliente nossa, Joelma Ciza,  teve que comprar um medicamente que custava $89 e ela só pagou $45.  O programa cobriu a metade. Outra que se beneficiou foi Eliete Melo, que utilizou o programa para dentista, só conseguiu ir consultar quando se associou ao programa” exemplifica.

 

Contatos

 

Para quem quiser saber mais informações acerca do programa, pode acessar o site www.deliveringonthepromise.com/12886918 , ou ligar nos seguintes telefones (978) 569 – 0522 – Ziza ou (978) 423 – 6294 – Cheuri.

Fonte: (Da redação)