Publicado em 2/03/2009 as 12:00am

Brasileiros fazem pressão para liberar habilitação para indocumentados

A situação dos brasileiros que estão com a I-94 vencida e, portanto, impedidos de renovar suas carteiras de habilitação foi o principal tema da reunião entre os candidados a prefeito de Deerfield Beach

A situação dos brasileiros que estão com a I-94 vencida e, portanto, impedidos de renovar suas carteiras de habilitação foi o principal tema da reunião entre os candidados a prefeito de Deerfield Beach e representantes da Coalizão Brasil-Estados Unidos, ocorrida esta semana.

De acordo com Darren Covar, que faz parte do Conselho de Administração da Coalizão, os atentados de 11 de setembro de 2001 “puxaram o tapete de boas vindas” daqueles que estão com a I-94 vencida. Desde os atentados, começaram a ser negadas renovações de habilitação para estrangeiros com status vencido no País.

De acordo com a lei, após quatro meses de carteira vencida, aquele que estiver dirigindo está sujeito a prisão. “ O motorista é preso, em seguida deportado, deixando carros, casas e empresas brasileiras que lutam para sobreviver. Existe alguma coisa que possamos fazer para diminuir este problema?” , questionou Covar.

Os candidatos a prefeito presentes ao encontro comentaram o tema. “ Eu nem sabia que existia esse problema” , disse o cadidato Jean Robb.

O ex-prefeito Al Capellini disse que este “ é um problema de segurança interna, não de Deerfield Beach” , mas lembrou que “temos parlamentares” .

O candidato Caryl Berner ressaltou ser interesse de todos ter um país seguro, mas acrescentou: “ podemos entrar em contato com pessoas que podem, realmente, fazer alguma coisa”.

O candidato Don Petersen, foi enfático. “ É preciso ter uma carteira de motorista válida. É a lei. Mas termos que mudar o sistema”, concluiu.

Fonte: (Da redação)