Publicado em 4/03/2009 as 12:00am

Mineira morre atropelada em rodovia I-95 na Flórida

Aos 27 anos de idade a brasileira Cristina M. Pokrajac teve a sua vida interrompida por uma imprudência no trânsito

Aos 27 anos de idade a brasileira Cristina M. Pokrajac teve a sua vida interrompida por uma imprudência no trânsito. O acidente aconteceu na madrugada de sábado (28 de fevererio), na Interestadual 95, próximo à Pompano Beach, na Flórida. Segundo as informações policiais ela teria estacionado o seu BMW na faixa de emergência devido o veículo estar apresentando problemas mecânicos. Ela retornava de um show brasileiro e teve morte instantânea, segundo o jornal Miami Herald.

As investigações policiais apontaram que o veículo que atingiu a brasileira era um Mitsubishi Eclipse, ano 96, e estava sendo conduzido por um jovem identificado por Jose Arturo Palomino, que fugiu do local sem prestar socorro. Depois de fugir, ele abandonou o veículo em Oakland Park e ligou para verdadeiro dono do carro pedindo desculpas pelo que ocorrido.

Os investigadores já estão atrás de Palomino e sua foto foi divulgada em diversos jornais, no sentido de facilitar a localização do suspeito.

 

A MINEIRA

Cristina, uma mineira casada com o gaúcho Eduardo Klein, viveu boa parte de sua infância em Brasília e atualmente estava vivendo na Flórida com a filha. O enterro da brasileira está previsto acontecer no domingo (08), pois é aguardada a vinda de alguns parentes que moram no Brasil.

A sogra de Cristina, ainda abalada com o ocorrido, disse que a mineira era uma jovem dinâmica e estava empolgada com as recentes conquistas. “Ela era cabeleireira e estava prestes a trabalhar em um salão brasileiro”, acrescenta.

“Quando se lembrarem da Cris, lembrem-se sempre de como ela era feliz e como gostava de esbanjar alegria! Te amo e sempre te amarei meu amor”, disse o marido à um jornal na Flórida.

 

RECOMPENSA

Revoltada com o ocorrido, a sogra de Cristina está oferecendo uma recompensa para quem fornecer informações que levem ao paradeiro do suspeito. A polícia também está aberta para receber pistas de Palomino. O telefone é (954) 493-8477.

Fonte: (Da redação)