Publicado em 11/03/2009 as 12:00am

Conexão Brasil volta a operar na rádio WSRO 650 AM em Framingham - MA

Após ter sido suspenso do ar na última semana do mês de fevereiro, o programa Conexão Brasil, apresentado e produzido pelo radialista Ilton Lisboa só voltou a operar na quinta-feira (5)

 

Por Elizabeth Simões

 

Após ter sido suspenso do ar na última semana do mês de fevereiro, o programa Conexão Brasil, apresentado e produzido pelo radialista Ilton Lisboa só voltou a operar na quinta-feira (5). No entanto, sem a promessa de retornar a grade de shows da emissora de rádio WSRO 650 AM, cuja cobertura atinge toda área MetroWest, abrangendo uma larga proporção de ouvintes da colônia brasileira no estado de Massachusetts.

A suspensão dada pela diretoria da rádio, sob o pretexto dele ter provocado a difamação de um estabelecimento comercial, desagradou o radialista que argumentou que, as denúnicas feitas pelos ouvintes não foram incitadas por ele. Descordando da punição, Lisboa anunciou a interrupção do show.

 

CHANCES DE ENTENDIMENTO
Conforme o radialista, embora o proprietário da rádio, Alex Langer tenha reforçado a disponibilidade do horário e demonstrado interesse na normalidade de sua apresentação, alguns aspectos ainda necessitam ser discutidos para firmar o tratado de retorno do Conexão Brasil. “Honestamente, não posso dizer que continuarei. Não farei isso se tiver que me preocupar com o teor do programa”, disse Lisboa.

Das três reuniões marcadas para a tentativa de uma conciliação entre a diretoria e o radialista, nenhum dos encontros promoveu o acerto. O único resultado direto do dialogo possibilitou a execução da entrevista, ao vivo, com Mark Leonard, chefe de polícia da cidade de Marlboro-MA, que estava agendada para quinta-feira e foi transmitida com a mediação de Lisboa.

Hoje, haverá a quarta reunião com Alex Langer, que já havia comentado o assunto destacando a preocupação com o tratamento dado às denúnicas anônimas, feitas ao vivo, no programa Conexão Brasil. “Elas deixam uma atmosfera difícil de conduzir, pois requerem apuração adequada. Denúncias anônimas podem envolver nomes e a credibilidade de empresas privadas que possam faltar fundamentos ou veracidade”, havia dito Langer.

Enquanto continuam as discussões sobre como as denúncias feitas pelos ouvintes, baseadas em versões parciais da história, podem afetar os negócios e a vida das pessoas, Ilton Lisboa enfrenta outro dilema, também causado pela sua própria audiência – Ou, ele irá ouvir as dezenas de apelos diários dos fãs pedindo para ele voltar – Ou, irá encerrar a programação do Conexão Brasil.

 

Box:

O show, comandado pelo radialista Ilton Lisboa toda quarta e quinta-feira da semana, por quase dois anos, ganhou audiência trazendo convidados que abordaram temas sobre imigração, segurança pública, defesa do consumidor e assistência social. Entre os programas de maior repercussão, no ano passado, Bruce M. Foucart, chefe do Immigration and Customs Enforcement (ICE) e Paula Granier, relações públicas deste órgão, provocaram recorde de chamadas telefônicas numa coletiva aberta com os ouvintes da rádio.

Legenda: “Honestamente, não posso dizer que continuarei. Não farei isso se tiver que me preocupar com o teor do programa”, disse Lisboa.

 

Fonte: (ABTN)