Publicado em 23/03/2009 as 12:00am

Workshop em Somerville - MA dá lições ao imigrante de como prosperar nos negócios - 2a Parte

Semana passada os empresários imigrantes, da cidade de Somerville-MA, receberam lições sobre como declarar o imposto de renda e como manter a saúde financeira dos negócios

 

Por Elizabeth Simoes

 

Semana passada os empresários imigrantes, da cidade de Somerville-MA, receberam lições sobre como declarar o imposto de renda e como manter a saúde financeira dos negócios. Entre todos os tópicos voltados para incentivar práticas empreendedoras, os primeiros passos para encorajar a abertura do negócio próprio mereceram destaque nessa edição.

O workshop realizado na agência do Bank Of America, foi organizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), em parceria com a Genesis Tax House e Bank of America. Todos os temas foram concentrados na rotina gerencial de empresas de pequeno e médio porte, instaladas nos Estados Unidos.

 

Introdução a atmosfera empresarial

“O quê eu preciso para abrir a minha empresa?” Nos seus quinze anos de experiência na área contábil, essa é uma pergunta corriqueira da qual o palestrante do “Business Workshop”, Igor Gomes, está acostumado a ouvir dos aspirantes a empresários.

Gomes ainda contextualizou antes de dar a resposta, “Nos Estados Unidos é tão fácil e rápido abrir uma empresa que você precisará somente de dinheiro e boa vontade”. Ele justificou que, em apenas trinta minutos qualquer pessoa é capaz de obter a licensa e o registro comercial.

Tamanha facilidade despertou a dúvida na audiência à respeito do status migratório do futuro empregador, e conforme o palestrante, todos os imigrantes independente dos documentos que possuam podem abrir uma empresa. Mas, ele fez uma breve ressalva, “Sem o Social Security Number esses empresários nem sempre terão acesso aos programas Governamentais e outros benefícios que os demais poderiam ter regularmente”, explicou.

 

Categorias de Registro

O palestrante Luiz Mota, especialista em negócios, comentou que acima de 60% dos pequenos empresários brasileiros preferem registrar as empresas como “Doing Business As” (DBA), uma habilitação do nome fictício que efetiva a marca da empresa e é considerada o meio mais econômico de criar a identidade dos negócios. No intuito de simplificar a descrição do DBA, Gomes comparou o registro a mesma categoria de microempresa (ME), existente no Brasil.

De todas as categorias disponíveis para registrar uma empresa, Gomes recomendou fazê-la sob entidade coorporativa, que em inglês significa “corporation”. “Uma das vantagens de optar pelo “corporation” no lugar do “DBA” é que o empresário ficará protegido pelo escudo corporativo, ou seja, qualquer processo legal recairá contra a cooporação e não diretamente contra o empresário”, disse Gomes.

 

Folha de Pagamento – payroll

A administração de recursos humanos deve ser cuidadosa. “Um pequeno erro na folha de pagamento, por mais simples que possa parecer, irá causar uma diferença de valores exorbitante para a contabilidade. Defina o salário justo para os seus funcionários e contrate profissionais referenciados para essa rotina”, disse Jenner Mendes, diretor financeiro da CDL.

Luiz Mota aproveitou o assunto e orientou, “Deposite periódicamente a provisão dos percentuais referentes a tributação e os beneficios dos trabalhadores, que deverão ser pagos anualmente. Dessa maneira o empregador não precisará se preocupar em arcar com uma grande quantia paga num único momento. Depositando a provisão numa conta separada, por exemplo, numa poupança, o empresário estará preparado para essa despesa sem desespero”, disse Mota.

 

Disseminação da cultura empreendedora

Um dos desafios para os empresários de todos os segmentos é quebrar o paradigma. “Não compartilhem de uma mentalidade egoísta da qual segue: Eu sofri para chegar até aqui, e se tive que passar por isso, você também terá que sofrer”, disse Gomes.

O palestrante afirmou ter notado pouca colaboração no desenvolvimento econômico da comunidade brasileira. “Esse é o momento para você ajudar seus conterrâneos com boa informação. Temos que fortificar a comunidade, ao invés de ver o passado árduo se repetir. Todos nós vamos crescer juntos, e o resultado disso será o aumento da competência e da credibilidade dos nossos produtos e serviços.

 

Novo workshop irá treinar os empresários em Marlborough

João Arruda, presidente da CDL divulgou que, no dia 21 de abril acontecerá o segundo “Business Workshop”, na agência do Bank of America, localizada no 223 E. Main St, em Marlborough, MA. O conteúdo da palestra será o mesmo apresentado em Somerville e a entrada também será gratuita. Para mais informações ligar para CDL (978) 454-4928 .

 

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times )