Publicado em 30/03/2009 as 12:00am

Corpo de brasileira assassinada pelo marido será sepultado no Brasil

Vanessa Rosa, filha da brasileira assassinada pelo marido em Leominster-MA, visitou o Consulado do Brasil em Boston na sexta-feira (27) para dar entrada na liberação do corpo da mãe

 

Vanessa Rosa, filha da brasileira assassinada pelo marido em Leominster-Massachusetts, esteve visitando o Consulado Geral do Brasil em Boston ma sexta-feira (27) para dar entrada na liberação do corpo da mãe, Sílvia Rosa, que foi morta a facadas na quinta-feira (26).

A família é oriunda do Paraná e o casal estava casado há mais de 20 anos. Com a morte da mãe, Vanessa se tornou a guardiã legal da única irmã, Andressa, de 15 anos. Ela também conseguiu permissão junto ao consulado para poder viajar com a irmão para o Brasil. Todos da família já estão com a situação legalizada nos Estados Unidos.

Vanessa estava de casamento marcado, mas pelo que tudo indica, a data será adianda. O noive da brasileira, disse ao Blog Brazil com Z, que “Mizael sempre foi muito calmo e carinhoso com as filhas”.

Mizael confessou o assassinato para a polícia e não terá chance de pagar fiança. Ele responderá o processo atrás das grades. Mesmo assim a advogada do brasileiro, Margaret Guzman, irá questionar legalmente a confissão. “A confissão teria sido feita em inglês, líndia que ele não domina muito bem”, explica.

O corpo de Sílvia será velado na noite de segunda-feira (30), na cidade de Marlborough. O noivo de Vanessa confirmou que a brasileira será sepultada no Brasil, pedido feito pela mãe da vítima.

As pessoas que quiserem ajudar a família Rosa a custear as despesas de translado, orçada em torno de $ 10 mil, pode depositar qualquer quantia em dinheiro na conta corrente 13143888, em nonem de Vanessa Rosa, no banco Digital Federal Credit Union - DCU.

Fonte: (ABTN)