Publicado em 20/04/2009 as 12:00am

Chefes de polícia defendem carteira de motorista para indocumentados

Convidado da última edição do 'Conexão Brasil' da rádio WSRO 650 AM, o chefe de polícia de Milford , Thomas J. Loughlin, foi ao programa tratar de um assunto que tem criado muita expectativa na comunidade imigrante

Convidado da última edição do ‘Conexão Brasil’ da rádio WSRO 650 AM, o chefe de polícia de Milford , Thomas J. Loughlin, foi ao programa tratar de um assunto que tem criado muita expectativa na comunidade imigrante, em especial à brasileira : o projeto de lei que estaria sendo discutido para votação, o qual dará direito ao imigrante indocumentado de possuir a carteira de motorista de Massachusetts.


Apoio incondicional

Durante o programa, ele expôs a importância da medida, frisando que, caso seja aprovada, a nova lei contemplaria o bom senso. “ Sei que a maioria dos imigrantes são trabalhadores honestos, e que só querem agir de acordo com lei. A carteira de motorista iria contribuir para eles se manterem mais próximos da legalidade, e estarem conscientes disso” afirmou Loughlin na quarta – feira, dia 15. Para o apresentador do ‘Conexão Brasil’, Ilton Lisboa, as declarações de apoio do chefe de polícia, representam um avanço sem precedentes na luta pela causa imigrante. “ O posicionamento dele foi uma demonstração que estamos no caminho certo, e que temos aliados importantes nessa batalha pelos direitos do nosso povo” comentou ao BT, o radialista.

Atuação da polícia

Ao longo do programa, uma ouvinte instigou o debate de um tema polêmico. “ Uma vez fui abordada por um policial que estava acompanhado de um agente de imigração. É correto que a polícia interfira no status migratório de um imigrante ?” indagou a ouvinte. “ De forma alguma. Não queremos saber da situação migratória, não é nosso trabalho como policiais. Se tiver um assalto, quem tem agir somos nós, eles não podem agir pela gente. Eles não fazem o nosso trabalho, e nós não fazemos o deles” respondeu Thomas. “ Caso sejam questionados por policiais sobre seus status migratórios, denunciem! Vá à alguma delegacia e faça a reclamação formal, por escrito. Isso é má conduta policial e sempre trabalhamos no intuito de coibir esse tipo de atitude”.


Autoridades policiais unidas em prol da lei

Além do Chefe de Polícia de Milford, outras autoridades policiais já demonstraram estar empenhadas em ajudar na aprovação da lei. “ Além de Thomas, os chefes de polícia de Marlboro , Everett e Framingham já declararam serem a favor de se conceder carteira de motorista para imigrantes indocumentados. É uma corrente muito forte de apoio, que está angariando cada vez mais aliados para mais essa vitória da nossa comunidade” afirma Ilton.

Autoridade inicia campanha

Respondendo indagações de ouvintes e do próprio radialista, Thomas complementava suas posições conclamando que a comunidade brasileira cobre das autoridades, faça a sua parte. “ Liguem para a ‘State House’, falem com os deputados, corram atrás dessa causa vocês mesmos!” afirmou ele no programa. “ Parecia mais um ativista comunitário! Foi incrível!” testemunha, extasiado, o âncora Ilton. “ Além de forte autoridade da polícia ele também é advogado, ele sabe bem o que está falando. A comunidade deve acatar esses conselhos e agir em prol do nosso povo” completa.

Fonte: (ABTN)