Publicado em 6/05/2009 as 12:00am

`Não há motivo para pânico' alerta médica brasileira sobre Gripe Suína

Com 34 casos confirmados da Gripe A H1N1, ou Gripe Suína, em Massachusetts, o estado de pânico e apreensão por uma possível expansão da doença é inevitável

 

Por Marcelo Zicker



Com 34 casos confirmados da Gripe A H1N1, ou Gripe Suína, em Massachusetts, o estado de pânico e apreensão por uma possível expansão da doença é inevitável. Entre a comunidade brasileira não é diferente, e muitos não sabem como prevenir o contágil e a contaminação pelo vírus.


Para a médica brasileira Elisa Garibaldi, não há motivo para desespero. “ Se as pessoas tomarem as precauções corretas e se manterem em boa saúde e higiene, não tem porque entrar em pânico” afirma. Segundo ela, os cuidados preventivos são muito importantes no processo de evitar a contaminação. “ São as medidas para se evitar qualquer gripe, como tampar a boca ao espirrar, passar um anti-séptico nas mãos, se alimentar corretamente, entre outras ações” recomenda.


Contágil não se relaciona com alimentação


Por ser conhecida como uma doença originada do porco, muitas pessoas tendem a relacionar a contaminação pelo consumo da carne suína, causa que é refutada pela médica. “ Esse tipo de teoria ou constatação não procede, uma vez que a carne quando cozida tem o vírus neutralizado. O vírus é difundido pelas vias respiratórias, o brasileiro não precisa parar de comer carne de porco” esclarece Garibaldi.


Caso suspeite, procure assistência médica


“ Caso sinta alguns sintomas de gripe, como tosse, dor na junta, cansaço, dor de garganta, procure o seu provedor de saúde. Não faça uso da auto-medicação, procure se manter em repouso, não indo ao trabalho ou à escola. Essas são as medidas iniciais a serem tomadas” salienta a médica.


Elisa frisa que é muito importante fazer check up geral com certa frequência. Para alguns casos , existem medicamentos, antivirais, que tem que ser tomados logo no inicio dos sintomas, que vão abreviá-los, mas que infelismente são ineficazes em termos de um tratamento de combate à doença. “ Ainda não há vacinas comprovadamente eficazes contra essa gripe” reforça Garibaldi.


Elisa, que trabalha com educação de saúde em Massachusetts ,aconselha para quem quer mais informações, para procurar o Departamento de Saúde Pública, no endereço 250 Washington St. 2nd Floor em Boston – MA ou pelo telefone (617)624 – 6063. “ O departamento tem agido com determinação para o controle da doença e tudo que é possível está sendo feito. As pessoas podem confiar que tudo vai acabar bem” finaliza.


Entenda a doença ( BOX)

A gripe A (H1N1) é uma doença respiratória de porcos causada por um vírus influenza tipo A que causa regularmente crises de gripe em porcos. Ocasionalmente, o vírus vence a barreira entre espécies e afeta humanos. O vírus da gripe suína clássico foi isolado pela primeira vez num porco em 1930.


Fonte: (ABTN)