Publicado em 15/05/2009 as 12:00am

Brasileira fica em segundo lugar em Reality Show nos EUA

Em disputa veiculada no canal de TV Fox, a carioca Paula Marinho da Silva eliminou 14 candidatos ao longo do programa Hell's Kitchen, mas perdeu na disputa final com o chef Danny Veltri

 

Após passar por duras etapas de classificação mediadas pelo chef ‘casca-grossa’ Gordon Ramsay, a brasileira Paula Marinho da Silva perdeu a final do reality show Hell’s Kitchen, em disputa contra o americano Danny Veltri. Com 9 anos de experiência no ramo da culinária de requinte, Paula eliminou outros 14 chef’s ao longo do programa, mas não passou no rigoroso crivo do apresentador Ramsay , conhecido por sua frieza e inescrupulosidade ao avaliar os candidatos. Danny Veltri agora irá comandar o suntuoso restaurante The Borgata, situado em Atlantic City, em New Jersey. O salário do americano poderá chegar a $250.000 por ano.


Baseado na disputa entre 16 profissionais de cozinha, em sua maioria com o status de chef , o programa divide os competidores em dois grupos , que enfrentam a dura rotina criada por Ramsay, testando os participantes em situações problemáticas na cozinha e na rotina diária de um chef de cozinha. Quem melhor agir em situações adversas, como preparar vários pratos ao mesmo tempo, e no menor tempo possível, tem a chance de comandar a cozinha de um respeitado restaurante.



Paixão pela culinária advinda da família


A carioca de 28 anos é oriunda de uma família com muita história na culinária. Fundadores de um importante restaurante brasileiro situado em Medford – MA, e com muita experiência na administração de empreendimentos no ramo, a família teve papel primordial no caminhar profissional de Paula. “ Morávamos em Boston, onde permanecemos por 7 anos. Nossa infância foi marcada pela vida dentro da cozinha, o contato com esse ambiente sempre foi muito marcante para nós” afirma a irmã Adriana da Silva, em entrevista ao BT, em janeiro desse ano. “ Para ela, o direcionamento da sua vida profissional foi muito natural, uma paixão que ela mantém até hoje. Ela exerce o que sempre quis fazer” continua. Antes de adentrar o desafio, Paula trabalhava no 3030 Ocean Restaurant, situado em Coconut Creek na Flórida.

Ela é incrivelmente criativa’ afirma apresentador

Em depoimento sobre a performance da brasileira durante o programa, Gordon afirmou que ‘ Paula é concentrada como uma nadadora de longa distância, além de ser incrivelmente criativa. É esse tipo de charme que faz dela uma pessoa com uma personalidade tão atrativa e consciente” segundo noticiou o site Nj.com.

Fonte: (Da redação)