Publicado em 15/05/2009 as 12:00am

Dono de Pizzaria que torturou brasileiro tem Côrte adiada

O americano Eric Sideri amarrou, torturou e ameaçou de morte o seu funcionário, o brasileiro Lúcio Ribeiro, em março desse ano. O empresário tem Côrte marcada para o dia 4 de junho em Lowell - MA

 

Por Marcelo Zicker



Após amarrar, espancar com um taco de Beiseball e ameaçar de morte o brasileiro Lúcio Oliveira, o proprietário de uma pizzaria em Tyngboro – MA, Eric Sideri, de 46 anos, foi formalmente indiciado ontem, dia 14. O seu julgamento na Côrte de Lowell irá ocorrer no dia 4 de junho, segundo apurou o BT.


Lúcio, que atuava como gerente da Pizzaria Angela’s Coal Fired Pizza, teve inclusive uma arma posta na sua boca à época do incidente. Eric contou com a ajuda do gerente Alfredo Guevara, que contribuiu para as brutalidades realizadas no dia 21 de março desse ano.


Desconfiança


O problema surgiu com a desconfiança de Sideri com o suposto sumiço de $20.000 dólares do caixa da pizzaria em Fevereiro. Iniciaram então um trágico episódio de tortura e ameaças de morte. Sideri teria inclusive, sugerido o assassinato do brasileiro, abrindo uma mala coberta de plástico que seria utilizada para esconder o corpo, caso ele continuasse negando o roubo.


No desespero de escutar a confissão do funcionário, o americano ainda exigiu que Lúcio ligasse para a namorada, afim de que ela retornasse o dinheiro imediatamente. Após perceberem que poderiam estar sendo vigiados, resolveram soltar o brasileiro, que foi imediatamente à delegacia da cidade.


Data na Côrte definida


Depois de ser preso e ter uma fiança estipulada em $20 mil dólares ( ironicamente a mesma quantia que deflagrou todo o incidente), Eric Sideri aguarda o julgamento em liberdade. Com a Côrte marcada para 4 de Junho, ele continua sobre vigilância da justiça, utilizando uma tornozeleira GPS, que vai monitorar a sua localização.


Julgado por um júri popular, o americano irá se defender das acusações de sequestro, tortura, agressão com arma de fogo, ameaça de morte e uso de propriedade alheia.


Histórico do criminoso



Eric Sideri,
de 46 anos, é casado há 25 anos e tem três filhos. Durante uma revista em sua casa, a polícia de North Andover teria encontrado um revólver calibre 38 e 12 gramas de cocaína num cofre.

Fonte: (ABTN)