Publicado em 22/05/2009 as 12:00am

Álvaro Lima lança livro Brasileiros na América em Massachusetts

Álvaro Lima, economista, diretor de pesquisas da Prefeitura de Boston lançou na quarta-feira (20), em Somerville-MA, o livro Brasileiros na América

 

Por Elizabeth Simões


 

Álvaro Lima, economista, diretor de pesquisas da Prefeitura de Boston lançou na quarta-feira (20), em Somerville-MA, o livro Brasileiros na América. A obra é toda ilustrada por gráficos que sintetizam estudos realizados na contagem demográfica dos imigrantes brasileiros e do volume financeiro que eles geram nos Estados Unidos.

 

A pesquisa liderada por ele também rastreia informações concernentes a faixa etária, nível escolar, atividades exercidas, fluência do idioma, documentação, entre outros aspectos importantes que ajudam a perfilar o grupo na atualidade e a classificar suas mudanças sociais ao longo dos anos. O autor também amplia a compreensão da estrutura organizacional da colônia fornecendo dados comparativos com os de outras populações imigrantes.

 

O AUTOR

Em 2009, Álvaro foi homenageado no Brazilian International Press Award, realizado em Fort Lauderdale-FL, ele recebeu o Community Award of Merit.

Diversos segmentos no poder público norte-americano, concentrados na obtenção de dados para o planejamento comunitário são pautados em estudos produzidos por Álvaro Lima. No Brasil, ele também colabora com o Ministério das Relações Exteriores, como relator dos documentos da Diáspora Brasileira.

Sendo perito na avaliação da dinâmica da comunidade para ambos governos, as redações de jornais, revistas e programas de televisão, reconheceram a sua credibilidade e fonte de conhecimento, e com isso, popularizaram seu nome utilizando suas estatísticas e constatações para fundamentar tendências ou maximizar a visão dos cidadãos comuns.

  

O LIVRO

Brasileiros na América começou a ser escrito depois que Álvaro ouviu alguém dizer, “É crucial para a nossa comunidade sabermos quantos somos, quem somos, e o que fazemos”

Procurando as respostas para esses três tópicos, Álvaro criou uma obra que estimula novas perguntas acerca do modo de vida dos imigrantes e que transcendem o objetivo da pesquisa. Além de reconhecer o poder dos imigrantes no aquecimento econômico e nortear projetos direcionados para eles, o livro também serve para derrubar o mito de que os imigrantes brasileiros causam ônus ao Governo Americano. “Não há custo social para criar a força de trabalho, nem para se aposentar”, disse o autor e justificou, “Diferente de outras comunidades imigrantes, o brasileiro já vem para o país com preparo e experiência, dispensando o investimento estadual para a criação da força de trabalho. Depois ele retorna ao Brasil, poupando também o pagamento da aposentadoria”.

 

- No outro hemisfério, para aqueles que estão projetando a idéia do “American Dream”, o livro contribui na previsão racional dos brasileiros que estão pensando em deixar o país. Em posse desses dados, os aspirantes podem usar a base lógica das estatísticas para saber como é a trajetória da maioria dos imigrantes, de acordo com detalhes condicionados ao seu preparo profissional, fluência do idioma e documentação.

 

Ciência e Interpretação

Segundo o autor, a proposta do livro é conscientizar o imigrante de sua importância e do seu papel na organização da comunidade, bem como motivar ações que possam contribuir na mudança da Constituição e Reforma Imigratória. Um dos argumentos usados como fato comprobatório do poder econômico dos brasileiros foi o levantamento das remessas de dinheiro enviadas ao Brasil, 2.7 Bilhões, em 2006, de acordo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Mesmo produzindo essa riqueza a comunidade ainda é classificada como economia de grande risco. “Em média, as famílias comprometem acima de 30% do orçamento doméstico e por isso é vista como grande potencial de falência”, explicou Álvaro.

Ainda assim, o autor ainda descreve que, “O grupo é forte e vital, responsável por gerar 628 mil empregos diretos e indiretos e é relevante tanto para os EUA como para os Estados brasileiros beneficiados com as remessas de valores”.

A publicação do livro contou com o apoio das empresas Dish network e Digaai. Para obter uma cópia de Brasileiros na América solicitar através do e-mail alvaroelima@gmail.com

 

Comente essa matéria, escreva para elizabeth.journalist@gmail.com

Fonte: (ABTN - Agência Brazilian Times de Notícias)