Publicado em 27/07/2009 as 12:00am

Policial de MA participa de evento de apoio à Reforma Imigratória

Diversos chefes de polícia de todo o país se reuniram com autoridades do Homeland Security para cobrar rapidez na aplicação da Reforma Imigratória

 

Alguns dos principais oficiais de polícia do país se manifestaram no congresso, na quarta – feira, dia 22,  cobrando rapidez na aplicação de uma reforma imigratória. Eles argumentam que os orgãos de polícia estão enfrentando dificuldades na aplicação da lei, principalmente no que se refere ao tratamento com imigrantes.

Aproximadamente 100 chefes de polícia se reuniram com oficiais do Homeland Security em Phoenix para o National Summit on Local Immigration Policies, patrocinado pela organização Police Executive Research Forum.

Durante as discussões, os participantes concordaram que os EUA precisam de novas leis que regulamentem a contratação de imigrantes e que ofereça a esses imigrantes, a possibilidade de se tornarem residentes permanentes, conforme afirmou o diretor-executivo do Forum, Chuck Wexler.

Para o conselheiro senior do Homeland Security, Dennis Burke, as solicitações são pertinentes. “ O congresso precisa trabalhar com rapidez. Não se pode atrasar mais, a secretária Napolitano tem dito que a situação do país tem que mudar com relação aos imigrantes” afirmou.

O encontro, que foi realizado no JW Marriott Desert Ridge Resort and Spa, foi focado na dificuldade que os chefes de polícia e sheriffs do país tem em aplicar a lei, em situações que envolvam imigrantes.  Eles afirmaram que os esforços do Homeland Security tem sido inconsistentes e pouco confiáveis por anos.

 

Chefe de polícia de Framingham – MA esteve presente

Presente no evento, o chefe de polícia de Framingham – MA, Steven Carl, foi um dos mais atuantes durante as discussões. “ Essas falhas na lei estão causando problemas no nosso compromisso em manter a ordem de nossa cidade. Principalmente pela crise econômica, estamos enxergando um crescente ódio de nosso povo contra a população imigrante” argumentou.

Muitos dos chefes de polícia reclamaram que os indocumentos sentem medo de denunciar assaltos e roubos, dos quais muitas vezes são vítimas, pela sua situação migratória.

 

Steven Carl tem relação próxima com comunidade brasileira

O chefe de polícia de Framingham –MA, Steven Carl, é conhecido por sua forte atuação junto à comunidade brasileira. Sempre presente nos eventos de apoio à comunidade, e sempre empenhado em realizar encontros com lideranças brasileiras e governamentais no intuito de promover a inserção do imigrante brasileiro dentro da sociedade norte-americana, ele é figura respeitada dentre os ativistas e representantes tupiniquins.

Além do empenho em causas migratórias, Steven também sempre se mostrou presente e compreensivo mediando  situações que envolvessem a violência e o brasileiro na cidade de Framingham, buscando evitar que sentimentos anti-imigrantes viessem a tona.  A relação com a imprensa brasileira também é a melhor possível, se colocando à disposição para comentar , esclarecer e opinar sobre temas de cunho migratório e comunitário.

 

 

Fonte: (Da redação)