Publicado em 29/07/2009 as 12:00am

Brasileiro bota atleta americano no topo do mundo

Após anos de carreira, e o prematuro abandono da vida de atleta, o brasiliense Alex Costa descobriu o reconhecimento como treinador de Vale-Tudo. Entre os seus alunos, está a estrela do UFC, John Howard

 

Por Marcelo Zicker


O ex-lutador de Jiu-Jitsu e atual técnico de Vale-Tudo, Alex Costa, tem muita história em seus mais de 20 anos dedicados à prática das artes marciais. Conquistas, lesões e um recomeço marcam a trajetória desse brasiliense, que há 5 anos reside nos EUA como instrutor de uma das maiores academias de luta do país, a Wai Kru, situada em Boston - MA. Hoje ele é um dos técnicos da estrela John Howard, que disputa o Ultimate Fighting Championship - UFC, o campeonato mais importante dentro da modalidade de Vale-Tudo.


Esporte surgiu como solução de problema de saúde


Acometido pela bronquite quando criança, Alex descobriu no esporte o possível tratamento para sua enfermidade. “Quando criança, eu era o único que não jogava bola, por causa da minha bronquite, que era fortíssima. Tão forte, que fui fadado à morte pelos médicos várias vezes” relata o ex-atleta. “ Foi então que conheci o judô, meu primeiro esporte de luta. Anos depois descobri o Jiu Jitsu, que foi a modalidade da qual me dediquei por todos esses anos. O esporte me ajudou a derrubar a barreira da doença” continua.


Trajetória marcada pela superação


Após muitos anos disputando competições nacionais e internacionais, em 2004, Alex resolveu se aventurar pela carreira nos EUA. “ Eu fui pra New York, onde residia e treinava com Renzo Grace. Estava pronto para dar novos saltos na minha carreira” conta. “ Durante um treino porém, eu machuquei gravemente meu joelho direito, e mesmo após várias cirurgias, tive que abandonar minha carreira de atleta. Foi um dos piores momentos da minha vida” afirma o brasiliense.


Recomeço inesperado


Aceitando a situação do abandono prematuro na carreira, Alex passou alguns anos trabalhando em um restaurante no país, até que um cliente do estabelecimento trouxe luz aos seus sonhos. “ Durante um dia de trabalho, um colega me confidenciou que um cliente naquela noite poderia me ajudar a voltar ao esporte. Após conversar com ele, ele me falou que podia me ajudar. Eu dei tudo de mim até atingir o posto de técnico de Jiu Jitsu, que está me rendendo mais reconhecimento do que a minha época de atleta” afirma o treinador, que atualmente é um dos homens por trás da estrela do UFC, John Howard.


Incentivo ao esporte de luta


Visto por alguns como um esporte que possa gerar uma apologia à violência, o Vale-Tudo é defendido pelo treinador justamente por ressaltar o controle sobre as emoções e reações violentas. “ Claro que existem pessoas que se utilizam do esporte para brigar e gerar confusão, mas são uma pequena minoria. Infelizmente muitas vezes as pessoas tem a tendência de generalizar e enxergar como um esporte violento” opina. “ Para mim é o contrário, o atleta aprende a controlar suas emoções, seu instinto violento e agressividade. Isso ajuda ele a lidar com as situações em sua vida, sublimando a violência em favor de atitudes pacíficas” continua. “ Somente o esporte me fez vencer em todos as dificuldades que passei pela minha vida. A doença, a saudade, a desilusão, o recomeço, o meu controle emocional, e tudo que foi um desafio na minha trajetória, foi superado com a força desse esporte. Eu devo tudo a ele” confidencia. Para mais informações sobre o profissional e sua academia, entrar em contato pelo site www.waikru.com.

Fonte: (ABTN)