Publicado em 5/08/2009 as 12:00am

Encontro do CTIB clama por voz brasileira na política dos EUA

Evento promovido pela CTIB, na última segunda ? feira (03), foi pautado pela conscientização na busca de um brasileiro pra representar a comunidade na politica norte-americana


Por Marcelo Zicker


 

 ' Chegou a hora de sermos imigrantes de verdade'. Foi com esse tom profético e elucidador, que o pastor Jota Moura discursou no palanque do Midwest Grill, em Saugus – MA, em um dos momentos mais ovacionados da noite promovida pela CTIB – Central dos Trabalhadores Imigrantes Brasileiros, na segunda – feira (03) . O evento, que contou com uma mesa de honra composta por ativistas comunitários, membros da CTIB, jornalistas , a modelo internacional Saskya Porto, e o senador  por Massachusetss James  Eldridge,  visou discutir a possibilidade de selecionar um brasileiro, com atuação sócio-comunitária reconhecida e que seja cidadão norte-americano, para se candidatar à uma cadeira entre os deputados do estado de Massachusetts.

Sentados à mesa de honra, estavam os jornalistas Luciano Sodré, Jehozadak  Pereira e Shirley Farber, o Pastor Emídio Martins,   os representantes da Comitê Pró – Cidadania,  Cláudia Tamsky e Edirson Paiva, o presidente da CDL – USA, João Arruda,o empresário Humberto Costa , a modelo Saskya Porto, o senador James Eldridge e os membros da  CTIB, Jorge Costa e  Márcio Porto. A apresentação da cerimônia ficou por conta do relações públicas da Central dos Trabalhadores Imigrantes Brasileiros, André Abreu.


 

“Surgimos pelo clamor do trabalhador brasileiro”,afirma Márcio Porto 


Após as considerações iniciais do jornalista Luciano Sodré, foi chamado ao microfone o presidente da CTIB, Márcio Porto, que adotou um discurso reinvidincando o apoio à causa. “ Essa entidade nasceu pelo clamor do brasileiro que mora nos EUA de nunca fugir à luta, de buscar nossos direitos. Queremos que ele, aquele brasileiro que ajuda a construir a riqueza desse país, possa também usufruir dessa riqueza. Para isso, temos que partir para a 'prática'” discursou. “ Há muito tempo estávamos precisando de uma organização com esses ideais. Que levante essa bandeira de representação. Temos que acabar com a hipocrisia dentro da nossa comunidade. Os hispanos, os portugueses e os irlandeses já contam com seus representantes na política desse país. Chegou a nossa vez” falou a ativista Cláudia Tamsky.

“ Estamos diante de uma festa cívica, onde estamos debatendo um tema tão importante, como a escolha de um representante para a nossa comunidade. É uma honra estar aqui” discursou em seguida o membro do Comitê Pró – Cidadania e Presidente do jornal Brazilian Times , Edirson Paiva.

Quando chamado para falar aos presentes, o Pastor Jota Moura protagonizou um dos pontos altos do encontro, citando até o 3º presidente da nação, Thomas Jefferson. “ Democracia é lutar para o povo, pelo povo e com o povo. Temos de nos unir, esquecer as diferenças ideológicas e fazer de todas essas organizações de apoio ao imigrante, uma só, ampla, forte e voltada para o bem de nossa comunidade” falou o pastor.



Saskya Porto foi destaque de beleza e engajamento social


Eleita a 'Playmate' da década pela revista Playboy, Miss Brasil USA Rhode Island 2002,  e uma das 10 modelos mais bem pagas do mundo, a pernambucana Saskya Porto foi um dos grandes destaques da noite. Empossada como membro da CTIB, ela demonstrou estar engajada e disposta a contribuir com a causa imigrante. “ Acho que estamos caminhando para trazer uma melhor condição para os brasileiros que moram nos EUA. Hoje é somente uma 'pedrinha' para a construção de algo muito maior. De pedrinha em pedrinha, vamos concluir esses objetivos' explicou. “ A presença da Saskya é mais do que a demonstração da beleza da mulher brasileira. Ela representa a mulher que chega aos EUA e consegue vencer” falou Edirson Paiva, em seu discurso.

Após as apresentações,  a modelo iniciou uma sessão de fotos e autográfos com os presentes, que criou alvoroço e expectativa. “ Temos essa obrigação com a nossa comunidade. É importante que busquemos alguém pra representar esse ampla comunidade brasileira que reside aqui. Estou satisfeita de fazer parte desse momento tão importante” termina a modelo, em depoimento exclusivo à reportagem do BT.


Senador democrata demonstrou apoio à causa imigrante



Presença ilustre, o senador democrata por Massachusetts, James Eldridge, deu ênfase à importância de políticas de educação que possam inserir o jovem imigrante nas instituições de ensino, e proporcionem a ele a oportunidade de estudar no país. “Deve-se dar a chance desses imigrantes de adentrar as instituições públicas, regularizando a sua entrada e oferecendo o mesmo valor de 'tuition' que é dado para o cidadão norte-americano” discursou. Em entrevista exclusiva dada à nossa equipe de reportagem durante o encontro, o senador ressaltou ainda mais seu compromisso com as comunidades estrangeiras que residem no país. “ É importante também que o indocumentado tenha direito á carteira de motorista e o número do Social Security. É uma questão de segurança pública, pois  o direito a esses documentos, pode credenciar e regulamentar a atuação deles junto à sociedade.” opinou. Sobre a possibilidade da comunidade possuir um representante na política do país, ele reafirma o apoio. “Um político brasileiro no pais pode ajudar a atender essas demandas e identificar em quais aspectos essa comunidade precisa de mais assistência e poder político.  O brasileiro chegou a esse país para ter uma vida melhor para sua família. Acredito que podemos proporcionar isso a essas famílias” completou James Eldridge, demonstrando ser um aliado importante na causa, que pode dar voz à comunidade brasileira dentro dos EUA, desmarginalizando a figura do imigrante perante à sociedade norte-americana e gerando a esperança entre os brasileiros que ainda se encontram indocumentados no país.



 

Fonte: (ABTN - Agência Brazilian Times de Notícias)