Publicado em 6/08/2009 as 12:00am

Brasileiro preso por participar de rinha com canários foge para o Brasil

A prisão de 19 brasileiros na cidade de Shelton, Connecticut, que organizavam e participavam de brigas de canários ganha mais um capítulo

 

A prisão de 19 brasileiros na cidade de Shelton, Connecticut, que organizavam e participavam de brigas de canários ganha mais um capítulo.

Um dos envolvidos, Massilon de Paula, de 32 anos, retornou para o Brasil, com medo de problemas com imigração. Boatos dão conta que o brasileiro já teria sido preso pela Patrulha da Fronteira do México, há uma década atrás. Outro envolvido, Gilson Gonçalves, também foi identificado como procurado pela imigração, por possuir carta de deportação.

Segundo investigação, Massilon teria praticado o comércio de pássaros antes de retornar para o Brasil. Sete pássaros foram vendidos ao preço de $3.000 para um outro brasileiro.

Episódio aterrorizou comunidade

Mais ou menos 150 passarinhos, a maioria composta de canários-da-terra e $8 mil dólares em dinheiro foram confiscados durante a batida num sítio da Ripton Road – CT, há uma quase uma semana. Os homens que foram presos foram processados por crueldade a animais e jogo ilegal. Todos os que participavam da rinha eram brasileiros.

Um policial da cidade, Sargento Robert Kozlowsky disse, na segunda – feira (03),  que alguns dos pássaros possuem feridas nos olhos. Os animais estão sob custódia do Departamento de Agricultura do Estado. Segundo o Centro Nacional de Lei da Agricultura do estado de Connecticut, quem maltratar animais pode pegar até cinco anos de cadeia e terá que pagar  multa de até $5,000.

Os brasileiros presos foram Gilson Gonçalves, 31, Getúlio Serra, 62, Rogério de Carvalho, 35, Sebastian Andrade, 37, Ricardo Almeida, 29, Agostinho Gondinho, 35 e Raimundo Nonato, 51, residentes de Danbury – CT, Elito Goulart, 47 , de Bridgeport - CT, Jurames Goulart, 42, de Shelton - CT, Odeco dos Santos, 43, Marcos Teles, 36 e Lucas dos Santos, 25, de Newark - NJ, Geraldo Teixeira, 43,  de Kearney - NE, Auder Gontijo, 43 e Celco Soares, 33, de Marlborough - MA, Welson Sales, 38 e Welson Morais, 26, de Framingham – MA e Waldiney Almeida, 29 de Holbrook - MA.

Todos os brasileiros foram intimidos a comparecer à Corte no próximo dia 10, na cidade de Derby, CT

Fonte: (Da redação)