Publicado em 10/08/2009 as 12:00am

Brasileiros se dizem prejudicados com corte no Health Care em Massachusetts

Após assinar um corte no orçamento da Saúde de Massachusetts que passará de R$125 milhões para R$40 milhões para o próximo ano

Por  Marcelo Zicker

 

Os boatos se confirmaram. O governador Deval Patrick assinou recentemente, um corte na cobertura do Health Care em Massachusetts, que passou de um orçamento de 125 milhões de dólares para 40 milhões para esse ano. Isso resultará no cancelamento do plano Commonwealth Care, do qual 31 mil imigrantes legais no país fazem parte. Os imigrantes que possuem Green Card há menos de 5 anos, perderão o benefício a partir de Agosto.


Segundo a OutReach da Health Care For All, Dayanne Leal, as pessoas vão ser informadas o quanto antes. “ Com a decisão tomada, o governo de Massachusetts estará enviando cartas para as pessoas que se enquadram no status especial, e que até possuiam o Commonwealth Care. Elas estarão sendo informadas que até o fim de agosto, esse plano deixará de existir” afirma. Sobre como as pessoas poderão proceder para adquirir um novo plano gratuito , Dayanne diz ainda não foi divulgado o procedimento. “ Tudo que se sabe até agora é que o corte realmente ocorreu e que essas pessoas perderão o plano. Ainda não se sabe se elas terão que aplicar para o Health Safety Net ( plano de cobertura regular, destinado inclusive a indocumentados) ou se serão automaticamente movidas para ele. Em breve, eles irão divulgar mais informações” afirma.


Mudanças serão drásticas para imigrantes


Com o corte de quase 1/3 do orçamento anterior, as previsões de como isso pode acarretar para a saúde dos brasileiros são preocupantes. “ Com esse valor de 40 milhões de dólares, não se tem uma cobertura tão completa como antes. O Commonwealth Care era um plano muito funcional e tinha uma cobertura ampla. Embora o Health Safety Net continue em vigor , contendo a mesma acessibilidade, essa é uma notícia alarmante. O Health Care For All está atuando em contato com a adminstração do setor para ver a melhor forma de utilizar esse novo orçamento e diminuir o impacto nos imigrantes ” opina Dayanne. Ela ainda recomenda às pessoas que usufram o máximo do plano, antes do cancelamento do mesmo. “ Se você tem algum tratamento que está fazendo ou deseja fazer, tente marcá-lo para esse mês, utilize os benefícios do Commonwealth Care o máximo que puder” recomenda.


Apreensão e preocupação entre os brasileiros


Detentores do Commonwealth Care, alguns brasileiros não escondem o medo do que o cancelamento pode causar. “ Eu tenho problemas com meus rins e preciso de tratamento para eles. Agora não sei como vou fazer. Vou ter que aplicar para um plano privado e ganharei mais uma despesa” afirma o capixaba Roberto Menezes, que possui o plano. “ A vantagem de ser atendido em todos os hospitais e para muitos serviços era muito conveniente e prática. Mesmo possuindo o plano comum ( Health Safety Net) não será a mesma cobertura. Estou decepcionado” afirma ele, que reside em Woburn – MA. “ Eu não sei o que fazer. Estou com um problema de saúde e talvez precise realizar uma cirurgia. Se cancelarem o meu plano, vou ter que pagar por essa cirurgia , que deverá ser caríssima” afirma Simone Santana, de Allston – MA. Ela , que é natural de Curitiba- PR, reside há 10 anos nos EUA. “ Dia 24 agora farei o exame pra saber se vou precisar da cirurgia. Espero que não precise do procedimento cirúrgico, e principalmente, de pagar por ele” desabafa.

Fonte: (ABNT)