Publicado em 31/08/2009 as 12:00am

Programa de saúde gratuito reúne brasileiros em Framingham - MA

Aconteceu na quinta-feira (27), nas dependências da prefeitura de Framingham-Massachusetts, o primeiro encontro do programa de "Saúde para Imigrantes Latinos"

 

Por Cláudia Carmo

 

Aconteceu na quinta-feira (27), nas dependências da prefeitura de Framingham-Massachusetts, o primeiro encontro do programa de “Saúde para Imigrantes Latinos”, organizado pela médica Milagros Abreu, médica e coordenadora do "The Latino Health Insurance Program" na cidade e conta com o apoio do Metro West Community Health Care Foudation.

O programa existe em Massachusetts desde 2006 e tem o objetivo de educar e cuidar para que os latinos tenham acesso aos serviços de saúde, seguro médico e alimentação para prevenir enfermidades crônicas como diabete, câncer e hipertensão. Segundo Milagros, foi realizado um estudo com a comunidade latina e foi detectado que, o estado de saúde desta população e pior, do que, a média dos americanos, inclusive em casos de câncer.

Mais de mil famílias fazem parte do programa e a intenção é aumentar muito mais esse número. Dezenas de pessoas compareceram a reunião, homens,  mulheres, crianças e participaram ativamente das palestras com profissionais da área de saúde.

A brasileira Mara Jordão, estava atenta às informações. Ela foi procurar o programa de saúde, porque tem problema de obesidade. "Eu acho sempre bem-vindo e quando se trata de saúde e de graça é muito bom", diz.

O primeiro tema abordado foi sobre diabete infantil com médicos do Joslin Diabetes Center, que esplicaram, de forma clara, como as mães devem cuidar dos filhos para prevenir a doença.

Poucos sabem, mas pessoas latinas, mesmo sem caso na família, têm mais risco de ter diabete e crianças, que nasceram a partir do ano 2000, a cada duas ,uma vai ter a doença do tipo dois.

 

Dois tipos de diabete: Diabete 1 que é hereditária e não tem  prevençao e a diabete 2, que tem como ser prevenida.

 

Os principais sintomas da diabete são: sede excessiva, urinar muitas vezes, aumento de apetite, fadiga e cansaço, infecções frequentes e perda de peso rápida.

Muitas pessoas não sabem que são diabéticos, porque não têm sintomas. Sendo assim o melhor é procurar por um médico e fazer o exame, pelo menos a cada 6 meses.

De acordo com os doutores do Joslin, o maior risco da doença ocorre em pessoas que, tem história de diabetes na família; pertence a certos grupos étnicos e raciais como: latinos, afro-americanos, asiaticos, índios americanos, árabes e indianos; não tem alimentação saudável, não praticam exercícios físicos, são obesos, tem colesterol e pressão arterial alta e diabete durante a gravidez.

Na sequência a médica Irma Rasmussen, especializada em medicina interna, falou sobre prevenção de doenças cardiovasculares e hipertensão. Atraiu a atenção do público para os cuidados que devemos ter no dia-a-dia, para evitar estas doenças.

A doença cardíaca é a primeira causa de morte nos EUA e em muitos outros países do mundo. A informação e os cuidados com a saúde são as melhores formas para combater a doença.

De acordo com Irma, os fatores principais para as doenças cardiovasculares são: cigarro, pressão alta, colesterol alto, obesidade, sedentarismo e alimentação rica em gorduras saturadas e hidrogenadas.

 

Para evitar ela faz as seguintes recomendacoes: Quando comprar carne, prestar atenção na quantidade de gordura. A gordura acumulada nas artérias causam ataque cardíaco.

Incluir na alimentacao: frutas cítricas, saladas, vegetais, trigo, aveia e peixes, comer, no mínimo, três vezes ao dia, fazer 20 minutos de atividade física por dia.

Para finalizar o encontro Kitty Mohoney, President of Mass. Public Health Nurses, falou a campanha de vacinação contra gripe, inclusive a gripe suína.

Alertou a todos para tomarem a vacina. Framingham  terá em Setembro, clínicas ambulantes de vacinação nas ruas e de graça para a população. Os endereços dos postos de vacinação estão no site www.framinghamma.gov

O programa está aberto a todas as famílias que residem em Framingham e algumas cidades vizinhas.

Os interessados em consultas ou informações  poderão ir até a sede da prefeitura de Framingham, onde médicos estarão, todos os dias, das 8h30m as 9h30m, assessorando, fazendo consultas e informando sobre os benefícios do programa.

Para mais informações, falar com Milagros Abreu no telefone (508) 875-1237.

 

Fonte: (ABTN - Agência Brazilian Times de Notícias)