Publicado em 6/09/2009 as 12:00am

Criador do Brazilian Day é homenageado no Brasil

Jota Alves é do estado do Mato Grosso, onde tem uma coluna semanal em um jornal da região

 

O cuiabano Jota Alves, criador do Dia do Brasil em Nova Yorque (hoje chamado de Brazilian Day), foi homenageado no dia 02, pelo deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), em pronunciamento na Câmara. Bezerra enfatizou o sentimento cívico de Jota, anunciou o novo projeto que é comemorar este mês o Dia do Brasil na China, e do sonho de registrar o Dia do Brasil em outras galáxias.

Jota Alves é articulista do Jornal Página Única, onde mantém, semanalmente, a coluna, Repórter na História.

A íntegra do discurso: “Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, às vésperas do Sete de Setembro, quando todo esse nosso imenso País veste o verde e amarelo, pelas comemorações do Dia da Pátria, venho com satisfação a esta tribuna ressaltar o trabalho de um conterrâneo meu.

Colega de lutas estudantis. Um sonhador de resultados práticos. Nascido nos garimpos de Mato Grosso, hoje cidadão do mundo. Trata-se de Jota Alves, criador do Dia do Brasil no centro de Nova Yorque, a maior celebração da nossa data nacional no exterior.

Jota continua acalentando sonhos com contagiante sentimento pátrio. Foi Secretário do meu Governo, entre 1987 a 1990. Com o seu trabalho, despertou em muita gente, particularmente entre crianças e jovens, o sentimento cívico. As bandeiras do Brasil e do Estado de Mato Grosso foram, como nunca antes na história regional, hasteadas em todo o território mato-grossense e enaltecidas!

Jota ganhou o mundo! Graduou-se em Direito Internacional na Universidade Patrice Lumumba, em Moscou. Há 30 anos fincando a primeira bandeira brasileira na 46, entre a Quinta e a Sexta avenidas passamos a ter uma rua chamada Brasil bem no centro de Nova Yorque.

Afirmando que “a gente sai do Brasil, mas, o Brasil não sai da gente” ele, como um missionário de nossa cultura e zelando sempre pela boa imagem do nosso País, depois de conquistar Nova Yorque chegou à China, que se consolida hoje como uma das maiores potências do planeta.

O Dia do Brasil em sua segunda edição acontecerá nos próximos dias 12 e 13 deste mês de setembro em Xangai a metrópole que se prepara para a grande exposição comercial e industrial de 2010 e na qual o Brasil terá uma presença marcante. 

Jota Alves, meus colegas, tem sido um “funcionário do Brasil” no exterior sem nunca ter recebido um centavo dos governos de seu País. De nenhum governo, é bom frisar!

Jota fundou jornal, cursos de português, introduziu produtos brasileiros, assistência legal e humana para milhares de imigrantes. Com o famoso Carnaval do Brasil no mundialmente famoso Waldorf Astoria Hotel divulgou o Brasil como destino turístico. O Baile da Democracia é um marco histórico.

Disse-me Jota Alves, certa vez, que “o Dia do Brasil nasceu de uma explosão de liberdade, de alegria e de vitória pelo fim da ditadura”. O primeiro foi dedicado a Tancredo Neves. Ulysses Guimarães, o fulgor do nosso PMDB, também foi homenageado com um Dia do Brasil. O terceiro “Dia” foi dedicado a mim, quando governador do Estado de Mato Grosso, o que me orgulha imensamente.

E agora Jota? Perguntei. “Depois do Dia do Brasil em duas grandes cidades do planeta o universo é o limite. Quem sabe um dia a bandeira do Brasil estará em Marte e outras galáxias. Já registrei o Dia do Brasil na NASA para isso”, respondeu-me.

Portanto, meus colegas parlamentares, jovens, senhoras e senhores visitantes a este plenário, telespectadores, ouvintes do sistema de comunicação desta Casa, é bom e animador saber que a data nacional do nosso País vem sendo digna e honradamente comemorada pelo mundo.

Ao cuiabano Jota Alves, à gaúcha Natalia Gazolla, diretora executiva do Dia do Brasil na China e à Câmara de Comércio Brasil/China, que apoia  a comemoração da nossa data nacional e a todos os que promovem e organizam a celebração da nossa independência no exterior, os meus mais sinceros parabéns. Um abraço!

Era o que tinha a dizer, Senhor Presidente. Muito Obrigado.”

Fonte: (Da redação)