Publicado em 6/09/2009 as 12:00am

'Queremos um representante independente' afirma presidente da CTIB

O presidente da CTIB, Márcio Porto, declara que ONG irá mandar o representante Jorge Costa de forma independente à Conferência Brasileiros No Mundo

 

Por Marcelo Zicker

 

O presidente da Central dos Trabalhadores Imigrantes Brasileiros (CTIB), Márcio Porto, afirma que campanha de viabilização da viagem do representante Jorge Costa à Conferência Brasileiros no Mundo é imprescindível para desvincular os anseios da comunidade brasileira nos EUA de organizações políticas e governamentais.

 

“ O CTIB estará organizando a Feijoada da Cidadania para podermos levar o companheiro Jorge de forma absolutamente independente, sem compromisso com nenhuma representatividade governamental ou política. Queremos discutir melhorias para nossa comunidade de forma transparente e clara. Somente dessa forma, com a ajuda da própria comunidade, poderemos levar ao conhecimento das autoridades brasileiras as necessidades do nosso povo nos EUA” esclarece Márcio.

 

 

Cobertura previdenciária ao trabalhador imigrante será discutida ( BOX)

 

Ele ressalta que pontos importantes para o trabalhador brasileiro vão ser colocados em pauta no evento. “ Queremos levantar a questão do fornecimento dos benefícios do INSS para o trabalhador brasileiro, dando o direito dos companheiros contribuirem e depois usufruirem de uma aposentadoria merecida” revela o presidente da CTIB.

 

O tema vai levantar novamente uma questão importante para o imigrante nos EUA. No fim de agosto,  reuniões entre representantes do INSS e dos Ministérios da Previdência Social e das Relações Exteriores com autoridades americanas ligadas ao Departamento do Trabalho e ao Social Security Administration  em Washington DC,

discutiram o assunto, rendendo expectativa e otimismo.

 

Na época do encontro,  o secretário-executivo do Ministério da Previdência Social (MPS), Carlos Eduardo Gabas –  disse acreditar que um acordo previdenciário entre os dois países pode ser formalizado já em 2010. Para ele , o governo dos Estados Unidos demonstrou muito interesse na iniciativa, que vai beneficiar 1,3 milhão de trabalhadores brasileiros que vivem no país e outros 30 mil americanos que moram no Brasil.

 

Polêmica com consulado em Boston

 

Márcio também faz questão de esclarecer o posicionamento do CTIB com relação às atividades consulares em Boston. “ Temos um profundo respeito pelo consulado, respeito esse que se estende a pessoa do Cônsul Mário Saad. Na última reunião que tivemos com ele, foram colocadas em pauta as dificuldades operacionais da entidade e chegou-se a conclusão de que é preciso que os consulados, não só o de Boston, recebam mais recursos do governo brasileiro. Esse será um ponto tratado no encontro no Rio de Janeiro” afirma. “ Reconhecemos o consulado como a única força federativa do Brasil nos EUA e temos o maior respeito pela entidade. Nosso companheiro Jorge Costa irá cobrar mais recursos e verbas para os consulados brasileiros no país, afim de oferecer melhores serviços à nossa comunidade” completa o ativista.

 

 

Feijoada da Cidadania

 

A Central dos Trabalhadores Imigrantes Brasileiros (CTIB) estará promovendo, no sábado, 19 de Setembro, às 12h, a Feijoada da Cidadania no Restaurante BeefGrill em Marlboro – MA. O objetivo é arrecadar fundos para viabilizar a ida do diretor de relações políticas da organização, Jorge Costa, à Conferência Brasileiros no Mundo, entre os dias 14 e 16 de Outubro, no Rio de Janeiro. A Conferência está sendo promovida pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

 

“Todos que forem à Feijoada vão ganhar uma camiseta da CTIB em convênio com o Census 2010. O slogan será  ` CTIB e o Census juntos : Trabalhadores dizem sim`. Vamos contar com  a participação de diversos ativistas comunitários, como Ilton Lisboa, Pastor Emídio e até mesmo representantes do Centro do Imigrante Brasileiro, companheiros nessa luta” explica Márcio. Ingressos para a Feijoada Da Cidadania podem ser adquiridos por 20 dólares com Jorge Costa, pelo telefone (781) 866 1056.

Fonte: (ABTN - Agência Brazilian Times de Notícias)