Publicado em 28/09/2009 as 12:00am

Médico brasileiro é preso por molestar crianças na FL

O ginecologista brasileiro Hamilton Monteiro foi preso sexta ? feira (18), acusado de abusar sexualmente de 3 meninas em Pembroke Pines na Flórida

 

O ginecologista brasileiro Hamilton Monteiro foi preso sexta – feira (18), acusado de abusar sexualmente de 3 meninas em Pembroke Pines na Flórida. Ele compareceu pessoalmente à côrte da cidade e agora aguarda novo julgamento na cadeia de Broward County. Mesmo após a dupla tentativa do advogado do brasileiro, não lhe concedido o direito de fiança.

 

Trabalhando como obstreta e ginecologista, Hamilton tinha um público predominantemente feminino. Ele já atuava na clínica Global OBGYN, em Pemproke Pines, por dois anos. Segundo a polícia reportou ao site de notícia local www.justnews.com, ele já vinha praticando os abusos por bastante tempo, sendo que as vítimas de idades entre 9 e 11 anos , só denunciaram o crime anos depois. Os atos aconteciam no apartamento do brasileiro, situado em Plantation. As crianças disseram às autoridades que era intimidadas por Hamilton à não revelar o episódio.

 

Ele irá responder pelos crimes de ‘Abuso sexual de menores’ e ‘Molestação sexual’.

Monteiro responde agora a processo por abuso sexual de menores e molestação sexual.
De acordo com a polícia, os abusos ocorriam em um apartamento em Plantation.

 

As crianças eram submetidas, além do ato sexual, a assistir pornografia e a banhos ‘supervisionados’ pelo médico.

 

No primeiro julgamento, a defesa tentou persuadir o juiz de forma a comprovar que houve farsa no escândalo. O advogado do brasileiro afirmou que tudo não passava de armação, pontuando a falta de evidências físicas.

 

Um nova côrte ainda não teve data definida

Fonte: (Fonte - www.justnews.com)