Publicado em 13/10/2009 as 12:00am

Encontro reúne centenas de clientes da Manaim em MA

Mais de 200 pessoas com caixas retidas pela Manaim Express Moving se reuniram na sexta ? feira ( 09), em Framingham ? MA, com autoridades e ativistas comunitários. Formulários de reclamação foram preenchidos e serão entregues na Procuradoria- Geral do Es

Aconteceu na última sexta – feira (9), em Framingham – MA, um encontro entre os clientes prejudicados pela Manaim Express Moving e autoridades locais, buscando a organização e uma melhor compreensão dos problemas dos envolvidos, unidos na luta contra mais um episódio de agonia e sofrimento causado por fraudes em empresas de mudança.

Comprometimento da polícia no caso

A reunião, que foi organizada pelo radialista Ilton Lisboa, contou com a presença do tenente de Framingham – MA, Paul Shastany, do Maestro Wando Resende, do ativista Pablo Maia e de mais de 200 pessoas lesadas pela Manaim na Sede do Grupo Pablo Maia. Durante o encontro, os brasileiros tiveram oportunidade de preencher formulários de reclamação formal junto à Procuradoria – Geral do Estado. Ilton avaliou com otimismo o resultado da primeira reunião. “Foram muito mais pessoas do que esperávamos. Elas puderam escutar do tenente Shastany como buscar a justiça em casos de irresponsabilidade como este. Ele recolheu todos os formulários e se comprometeu a entregá-los pessoalmente na Procuradoria do Estado, que é o caminho mais apropriado no momento” afirma o radialista.

Reunião ‘plantou semente’ afirma radialista

Para Ilton, é importante que as pessoas abraçem a idéia de que uma ação coletiva, mais formalizada possível, é um passo importante para as pessoas reaverem suas caixas o quanto antes. “ O encontro deu um passo importante no resgate da cidadania do nosso povo, que acionou a justiça e as autoridades na busca por resolver seus problemas com a Manaim. Foi somente uma semente plantada para algo que vai vir da dar frutos muito brevemente” opina.



Presidente enviou nota-resposta

Em nota enviada ao Maestro Wando, e divulgada no Blog Brasil com Z do jornalista Eduardo de Oliveira, o presidente da Manaim Express Moving, João Vilarinho Jr, afirmou que ‘por instrução e aconselhamentos de seu advogado, não pode comparecer nesta reunião’. Ele ainda afirma na carta, que há muita inverdade nos fatos divulgados até agora. “Deixando mais claro ao cliente, todos esses boatos que andam comentando sobre a empresa, que as caixas estão extraviadas, caixas jogadas no lixo, e caixas vendidas, são informações caluniosas. Podendo provar a todos que todas as caixas (que foram) confiadas em nossas mãos encontram-se no poder da Receita Federal do Brasil aguardando pagamentos de taxas para a devida liberação” afirma o presidente na nota

Fonte: (ABTN - Agência Brazilian Times de Notícias)