Publicado em 21/10/2009 as 12:00am

Martha Vasconcellos fala no GMB, nesta quarta-feira

A supervisora do programa de Violência Doméstica da MAPS, Martha Vasconcellos, fala às 18:30 horas desta quarta-feira, dia 21, no Grupo Mulher Brasileira (569 Cambridge St., Allston), sobre "Relacionamento e Conflitos Familiares: Como lido com isto?"

 

A supervisora do programa de Violência Doméstica da MAPS, Martha Vasconcellos, fala às 18:30 horas desta quarta-feira, dia 21, no Grupo Mulher Brasileira (569 Cambridge St., Allston), sobre “Relacionamento e Conflitos Familiares: Como lido com isto?”

O programa é parte da Série Saúde da Mulher, que o GMB promove há tres anos e outubro é o mês da conscientização sobre a violência doméstica.

“Alguns de nós crescemos achando que a violência doméstica faz parte de nossa cultura”, ressalta Regina Bertholdo, co-fundadora do Grupo e membro da sua Diretoria.

“Felizmente, os tempos mudaram e hoje muito mais pessoas conseguem identificar alguns aspectos da violência doméstica, mas muito ainda se tem por fazer”. Para Regina, “é importante conversarmos entre nós e com profissionais do campo para continuarmos a desenvolver uma consciência da seriedade do problema e dos recursos disponíveis em nossa comunidade”.

 Martha Vasconcellos concorda: “É importante estar informada sobre sintomas, como obter uma ordem de proteção (restraining order), possibilidade de legalização das vítimas e como se proteger”.

 A paletra desta quarta-feira, dia 21, é aberta a qualquer pessoa e não é preciso confirmar presença. Para informações, ligue para o Grupo Mulher Brasileira, 617-787-0557 ramais 14 ou 15.

Fonte: (Da redação)