Publicado em 11/11/2009 as 12:00am

Americano espanca brasileiros em Framingham/MA

O americano Michael Hansberry, de 46 anos atacou as vítimas por eles 'serem brasileiros'. As duas vítimas estariam realizando uma mudança para o prédio onde mora o americano, que afirmou temer que os brasilerios tomassem conta do local

 

O  americano Michael Hansberry, de 46 anos, foi preso na sexta – feira ( 06) em Framingham – MA após atacar dois homens por ‘eles serem brasileiros’ , segundo divulgou a polícia da cidade.

Ao avistar os dois brasileiros carregando uma mesa para dentro do prédio onde mora, o americano começou a gritar expressões racistas e xenófobas contra as vítimas, iniciando ataques de socos e chutes. Um dos brasileiros estaria ajudando o amigo na mudança para o prédio. “ Ele gritava que os brasileiros estavam tomando conta do prédio e que eles deveriam voltar para o seu país deles, atacando-os na cara” afirmou a promotora do caso, Felicia Sullivan, durante primeira audiência na segunda – feira (09), na Framingham District Court.

Após ser notificada de que estaria ocorrendo uma briga no número 1640 Worcester Road da cidade às 6 :25pm da sexta - feira, a polícia de Framingham – MA chegou ao local e testemunhou o ódio do americano , que insistia nas agressões mesmo após a tentativa de contenção dos policiais. Um oficial chegou a ser agredido por Hansberry.

“ Toda a agressão foi justificada pelo fato das vítimas serem brasileiras. Durante o incidente, ele demonstrava o ódio que sentia dos brasileiros, afirmando que eles estariam tomando conta do prédio onde mora” frisou a promotora, em depoimento reportado pelo site MetroWestDailyNews. Um dos brasileiros teve hematomas nas pernas e foi vítima de inúmeros socos e pontapés.

Durante o interrogatório na delegacia de polícia, a americano não economizou no racismo aos brasileiros, tentando justificar o seu preconceito contra os brasileiros para os policiais. Ao tentar se desvencilhar da contenção policial, ele iniciou ataques ao Chefe de Polícia, Craig Davis, que acertou um soco no olho do acusado. Michael chegou a ser atendido no  MetroWest Medical Center e compareceu à corte com o olho roxo.

 Ele responderá por crime de ódio, agressão grave ( utilizando chutes) ,  agressão à autoridade policial  e conduta inadequada. Durante a primeira audiência, a promotora Felicia Sullivan solicitou ao juiz Robert Greco, uma fiança de $1.000, citando o  histórico criminal negativo de Hansberry, porém o juiz a definiu em $500.

Em 1998, o americano foi acusado de agredir  um policial e acumula 5 ordens judiciais para não se aproximar de outras vítimas de suas agressões. 

A advogada do acusado, Christine Breslin, argumentou que ele estaria apenas se ‘defendendo’ dos 2 homens,  e que seu cliente foi vítima dos ataques dos policiais.  “ O Mr.Hansberry disse que foi significante agredido pelos policiais. Ele tentou empurrar os policiais e recebeu um soco na cara, com força” afirmou a advogada.

Michael Hansberry volta à Côrte no dia 4 de Dezembro para mais uma audiência.

Fonte: (Da redação)