Publicado em 20/11/2009 as 12:00am

Acusado de matar Sheila pode pegar prisão perpétua

Segundo a irmã de Sheila Carla dos Santos, advogados esperam que o mineiro Antônio Marcos Ferreira pegue prisão perpétua pelo brutal crime cometido contra a jovem dançarina



Por Marcelo Zicker


A Côrte de Antônio Marcos Ferreira, acusado de assassinar com 33 facadas a dançarina Sheila Carla Dos Santos, foi adiada e não tem previsão de uma nova data. A audiência marcada para essa quinta  -feira (19), foi cancelada para dar mais tempo para a perícia trabalhar nos detalhes da tragédia. Segundo a irmã de Sheila, Ana Paula, advogados acreditam que ele possa ser condenado à prisão perpétua.

Novos capítulos do caso

Durante a autópsia do corpo de Sheila, foi verificada a presença de diversas marcas nas mãos e braços da jovem, o que poderia confirmar a tese de que ela tentou resistir ao ataque do assassino. Foram também encontrados resíduos de pele dentro da unha da rondoniense, que estão sendo analisados e verificados para confirmar se eles seriam ou não de Antônio Marcos. São detalhes que podem decidir e avançar na conclusão do caso.

Segundo a irmã de Sheila, Ana Paula dos Santos, a investigação do caso depende da confirmação de novos exames e a Cõrte deverá ter nova data marcada para somente o ano que vem. “ A perícia está analisando ‘esses pedaços de pele’ na unha da minha irmã e vão fazer testes de DNA, entre outros procedimentos. A justiça vai aguardar o resultado desses novos exames e uma nova audiência vai ser marcada” falou ao BT, nessa quinta feira.

Sobre o ressentimento com relação ao acusado, Ana Paula faz questão de ressaltar que espera que ele pague pelo que cometeu. “ Tudo que queremos é isso. Os advogados esperam que ele pegue prisão perpétua, pois foi crime extremamente brutal. Não tenho nenhum sentimento com relação a ele, eu só queria minha irmã de volta” relata com tristeza, confidenciando que a família também ainda não superou a perda da ente. “ Meu pai não se alimenta mais direito, minha mãe ainda está em estado de choque. Estamos tentando passar por cima disso, mas está muito difícil” desabafa.  

 

Relembre o caso

Na madrugada do dia 02 de Setembro, sexta – feira,  a rondoniense Sheila Carla dos Santos foi encontrada morta no estacionamento de seu prédio, situado no número 154 da Main St. de Everett – MA.

Flagrado pelo síndico do local por volta das 4:30 am, o corpo da brasileira apresentava, marcas de facadas e vestígios que evidenciam uma tragédia de imensa brutalidade. A brasileira, que há 3 anos vivia nos EUA,  trabalhava como dançarina em um clube noturno em Stoughton – MA, mas era mais conhecida por ter trabalhado no polêmico King Arthur’s Lounge em Chelsea –MA.

Fonte: (ABTN - Agência Brazilian Times de Notícias)