Publicado em 18/12/2009 as 12:00am

Pai de Sean Goldman chega ao Brasil para encontrar o filho

Voo chegou de Nova York às 13h25 no Aeroporto Internacional Tom Jobim. David foi recebido por representantes do consulado americano.

David Goldman, pai biológico do menino Sean Goldman, de 9 anos, chegou ao Brasil no início da tarde desta quinta-feira (17). Ele desembarcou às 14h no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, no Rio, vindo de Nova York, e  pretende encontrar logo o filho. Na chegada, foi recebido por representantes do consulado americano e escoltado por policiais.

David, que evitou comentários sobre o caso, ficará hospedado em um hotel em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

Na quarta-feira (16), o Tribunal Regional Federal da 2ª  Região decidiu que o menino Sean Goldman, de 9 anos, seja devolvido ao pai biológico, o americano David Goldman. De acordo com a decisão, a criança tem até 48 horas para retornar aos Estados Unidos.

A criança tem que ser entregue ao Consulado americano no Rio. A informação foi confirmada pelo advogado de David, Ricardo Zamariola.

A guarda do menino é disputada pelo pai americano e pela família de sua mãe, a brasileira Bruna Bianchi, que morreu em 2008 durante o parto de sua filha com o advogado João Paulo Lins e Silva.

Da decisão cabe recurso no Superior Tribunal de Justiça. No caso de matéria constitucional, o recurso deve ser encaminhado ao Supremo Tribunal Federal.

O caso foi examinado por três desembargadores da 5ª Turma de Julgamento, no Rio. 

A avó do menino Sean Gondman, Silvana Bianchi, protocolou na última segunda-feira (14), no Supremo Tribunal Federal (STF), um pedido de habeas corpus para que o neto ficasse no Brasil. Segundo o STF, no entanto, o pedido ainda não foi julgado.

Fonte: (G1)