Publicado em 11/02/2010 as 12:00am

Brasileiros da FL são condenados por fraude no eBay

Após serem condenados por comandar um esquema de fraude no site Ebay, os brasileiro Nilton Rossoni e seu filho Joel irão cumprir cinco anos e meio de prisão pelo crime. Em um esquema que rendeu à família cerca de 717 mil dólares pode mais de 5.500 transa

Após serem condenados por comandar um esquema de fraude no site Ebay, os  brasileiro Nilton Rossoni e seu filho Joel irão cumprir cinco anos e meio de prisão pelo crime. Em um esquema que rendeu à família cerca de 717 mil dólares pode mais de 5.500 transações no site de compras online, eles não enviaram nenhum dos produtos ‘comprados’ para os clientes. Apesar da  sentença ter sido divulgada esta semana pela Corte de West Palm Beach, Joel se encontra foragido.

Entre 2003 e 2008, os dois brasileiros criaram 260 diferentes cadastros dentro do site e realizaram um plano que lesou centenas de clientes do Ebay.  Até mesmo uma farsa para gerar comentários positivos sobre as transações foi utilizada. O plano era dar legitimidade entre os internautas. Eles comercializavam desde passagens aéreas até DVDs e ficaram conhecidos como os ‘maestros da farsa no eBay’.

Eles usavam cartões de crédito, que não requeriam identificação, para comprar entre 15 a 20 items baratos do Ebay deles mesmos, para com isso, ganhar boa reputação como usuários do site, que seria refletida para potenciais compradores de seus produtos. Para cada compra efetuada, ele notificava os ganhadores dos ‘leilões’ que eles deveriam enviar o dinheiro para o mailbox privados em nome de uma empresa fantasma, chamada Prime Hill Inc.  Rossini alugou pelo menos 59 mailbox privados para receber o dinheiro. “ Mesmo que os ganhadores dos leilões já tivessem enviado o dinheiro via mailbox para o brasileiro, ele nunca enviava o produto ‘comprado’ para eles” afirma o relatório do indiciamento.

Pai e filho têm residência permanente nos Estados Unidos e vivem na América desde o final da dácada de 90. A polícia não tem pistas sobre o paradeiro de Joel.

Fonte: (patrickpretty.com)