Publicado em 12/02/2010 as 12:00am

Campanha ajuda jovens imigrantes sem healthcare em MA

Encontro realizado na Universidade de Massachusetts- UMass, esclareceu sobre os planos de ação de um programa federal para contemplar jovens imigrantes que não possuem cobertura de saúde


Por Marcelo Zicker
 

No intuito de divulgar e esclarecer sobre um projeto federal que pretende fornecer à crianças e jovens de Massachusetts o acesso à um plano de saúde público, o encontro ‘ Got Coverage?’ foi realizado  na Universidade de Massachusetts – Umass, em Boston – MA, nessa quarta- feira(10), com a participação de ativistas, autoridades, imprensa e imigrantes que foram ou esperam ser beneficiados com um plano de saúde de baixo custo.

No dia 4 de fevereiro de 2009, Presidente Barack Obama converteu em lei o Children’s Health Insurance Program Reauthorization Act of 2009 (CHIPRA) , uma extensão do programa Children’s Health Insurance Program, que propicia um caminho para crianças conseguirem um seguro médico, subsidiado pelo governo. As crianças e jovens com idades entre 0 e 18 anos podem se qualificar para seguro médico de baixo custo. Há aproximadamente 32.000 crianças sem seguro médico em Massachusetts e que teriam direto à uma cobertura de saúde. A organização Health Care For All recebeu um subsídio federal que faz parte do CHIPRA, e atuará para identificar e registrar crianças e jovens sem cobertura médica . A entidade trabalhará com outras organizações em Massachusetts para informar residentes do estado que todas as crianças e jovens tem direito e podem obter um plano de saúde.

 O encontro de quarta- feira, revelou números preocupantes que atingem a população imigrante jovem  do estado.  Grande parte dos brasileiros que não tem cobertura de saúde se encontram nas regiões do MIddlesex County ( Somerville e Framingham ), onde 21% não é segurada,  ou Suffolk County (Boston e Revere) , onde 12% também não foi contemplada por seguro de saúde. 38% tem entre 6 e 14 anos e 54% são homens e 46% são mulheres. “ É preciso uma ação conjunta, com a conscientização dos imigrantes para participarem e se inscrevem no programa. A barreira da ilegalidade ou da língua não é empecilho para que possamos ajudar essas pessoas.Os brasileiros não precisam ter medo algum, pois o Health Care For All disponibiliza uma linha  em português para que os brasileiros nos procurem e solicitem ajuda para conseguir um plano de saúde gratuito ou de baixo custo” afirma Dayanne Leal, diretora do projeto CHIPRA dentro do HCFA. Entre as estratégias  do projeto estão campanhas midiáticas na imprensa local, assessoria pela linha telefônica da entidade e parcerias com organizações de saúde de Massachusetts.

Um dos beneficiados pela Health Care For All, o belo-horizontino Edmilson Azevedo, há aproximadamente 3 anos, saiu de um emprego em uma firma de Pumbling onde tinha como benefício o seguro saúde familiar pago. Ao se decidir por continuar com o mesmo seguro , ele descobriu que a mensalidade da cobertura saia por aproximadamente $1.200 por mês. “ Antes era a empresa que pagava o meu plano, quando eu tentei mantê-lo eu descobri que ficava impossível para pagar esse valor todos os meses” afirma ele, que esteve no encontro. Após visitar uma feira de saúde há alguns meses, descobriu a oportunidade de aplicar para um plano de baixo custo. “ Fiz a aplicação e depois de aproximadamente 3 semanas, recebi a aprovação. Hoje pago $29 por mês e minha filha paga $9, por um plano de cobertura total” revela ele, que tem uma filha de 4 anos, Kathleen, que faz uso semanal de medicamentos  para Asma, além de ter que visitar o médico a cada duas semanas.

Para mais informações, os brasileiros podem procurar a  Linha de Ajuda da Health Care For All , que é um recurso gratuito - 1 (800) 272 4232 ext. 2941 (para atendimento em português).

Fonte: (Da redação)