Publicado em 3/03/2010 as 12:00am

Protesto pede o fim das prisões de imigrantes

Em frente à uma Casa de Detenção que foi fechada recentemente, dezenas de ativistas pediram o fim das detenções e mais agilidade na aprovação de uma reforma imigratória

 

Um grupo de manifestantes realizou um protesto em frente ao Varick Immigrant Detention Center, em Manhattan na última semana, celebrando o seu fechamento e demonstrando a insatisfação com a política de tratamento aos imigrantes dentro da casa de detenção.

Uma tempestade de neve forçou uma mudança de local, e os ativistas continuaram os protestos dentro da New York University Law School,  Foi o início de uma campanha nacional clamando por respeito aos direitos dos detentos, em especial os imigrantes. Chamada de ‘ Dignidade sim, detenção não : Preservando os Direitos Humanos e Restaurando a Justiça’  - a campanha clama à administração do Presidente Obama um compromisso em restabelecer um sistema de imigração sustentável e também pede o fechamento da casa de detenção ,que segundo eles, tem ido de encontro com os direitos humanos dos detentos.

“ Hoje deveria ser um dia de celebração – o fechamento de uma penitenciária para imigrantes que tem falhado em propiciar condições mínimas aos seus detentos” afirmou Alina Dias, advogada-supervisora do Immigrant Rights Clinic na NYU Law School, ao jornal NY Daily News. Ela ainda completa dizendo que o governo federal ignorou possíveis alternativas de melhora na estrutura do local, e preferiu transferir os presos para uma penintenciária em New Jersey, tornando as condições dos imigrantes ainda mais preocupantes. “ O governo escolheu um desumano e ineficaz caminho – transferir 250 imigrantes residentes de New York  para uma cadeia diferente, ainda mais distante de suas famílias” disse a advogada.

Oficiais de imigração argumentam que a escolha vai economizar no orçamento do governo. Mas ativistas discordam, afirmando que os custos de detenção do local ficam em torno de $100 por detento, enquanto opções alternativas como tornozeleiras-GPS  e verificação voluntária poderiam custar menos de $12/detento por dia.

 Os participantes do protesto fazem parte do grupo Detention Watch Network, uma coalizão nacional que visa conscientizar a opinião pública e legisladores acerca das mazelas na detenção de imigrantes e no sistema de deportação dos mesmos.  No caso do sistema de detenção, os ativistas afirmam se tratar de um desastre total. A cada ano, mais de 300.000 imigrantes são enviados a 350 centros de detenção espalhados pelo país. Mais de 80% dos detentos enfrentam problemas com a imigração sem a ajuda de um advogado. A falta de diálogo e de ajuda da lei, propicia detenções arbitrárias , que não dão chance de defesa aos imigrantes.

As famílias dos imigrantes presos na detenção de Varick e ativistas pediram ao Department of Homeland Security, que solte todos os detentos da penitenciária. Eles justificam que muitos deles não fizeram nada de errado, e muitos estão apenas esperando uma decisão judicial pelo governo em seus respectivos casos de infração às leis de imigração. “ Quando o governo decidiu fechar Varick, a questão que deveria ter sido perguntada não era qual prisão os presos deveriam ser levados, mas sim porque eles deveriam estar presos. É um terrível e caro sistema que nunca deveria ter existido. Ninguém deveria ser preso quando há alternativas disponíveis” finaliza Alina.

Fonte: (Da redação)