Publicado em 25/03/2010 as 12:00am

Ex-atleta brasileiro é preso por tráfico de cocaína

Vice-campeão mundial de Ginástica Aeróbica, o mineiro Breno Melo Monteiro foi vítima de uma grave lesão que lhe tirou do esporte há 9 anos. Segundo sua ex-esposa, ele nunca se recuperou do fato

Por Marcelo Zicker

 

A polícia de Marlborough  - MA, prendeu na última semana, dois brasileiros por porte de drogas na cidade. O ex-ginasta profissional Breno Melo Monteiro, de 27 anos e sua companheira, Rozilene Vitor Coelho, de 24 anos, foram detidos após serem pegos em flagrante, com grande estoque de cocaína escondido próximo à uma televisão no apartamento dos brasileiros.

Após um mandado de busca e apreensão ser expedido no apartamento do casal, a polícia adentrou o local, que se encontrava com a porta aberta, após bater várias vezes e não obter resposta.  Acompanhado de um cão farejador, o policial estadual Pat Robinson encontrou aproximadamente 42.8 gramas de cocaína. Parte da droga estava individualmente separada em pacotes plásticos.

De acordo com o boletim oficial da polícia, também foi encontrada uma balança digital, material para empacotamento, e um caderno com o histórico de vendas da droga. Ambos os brasileiros enfrentam as acusações de tráfico de cocaína, conspiração na violação de leis estaduais contra drogas e por portar drogas próximo à escola e parque infantil. Eles tiveram fianças estipuladas em $7.500, para Breno, e $1.000, para Rozilene, de acordo com informações do tribunal de Marlborough.

O brasileiro também foi acusado de estar dirigindo com carteira de motorista suspensa, após ser parado na  Lakeside Avenue da cidade. Em depoimento para os detetives encarregados do caso, eles afirmaram que estavam começando no ramo de tráfico de cocaína e que queriam‘apenas’ juntar algum dinheiro para voltar ao Brasil.

Brasileiro já foi vice-campeão mundial de Ginástica Aeróbica

Com uma carreira promissora dentro do esporte de Ginástica Aeróbica, pelo qual ganhou muitos títulos , incluindo um vice-campeonato mundial em 2000 ( com apenas 17 anos),  o mineiro de Timóteo, Breno Melo Monteiro, machucou gravemente o joelho pouco após o torneio mundial,  e foi obrigado a abandonar o esporte. Com a desilusão com a carreira esportiva, e a falta de perspectivas no Brasil, ele decidiu mudar de vida há aproximadamente um ano. “ Ele sempre falava que estava insatisfeito, que queria recomeçar de outra maneira, e a decisão de viajar aos EUA foi tomada de um dia para  o outro. Ele queria iniciar uma nova vida” afirma Márcia Lopez, ex-mulher de Breno, que só soube do incidente após o contato da equipe de reportagem do BT. “ Estou chocada. Ele é uma pessoa calma, tranqüila, de bem com vida, nunca imaginava que poderia estar envolvido com o tráfico de drogas” desabafa Márcia, que tem dois filhos com o brasileiro, de 2 e 5 anos.

Segundo a empresária, que tem um salão de beleza em Timóteo – MG,  o plano inicial do ex-marido seria conseguir se legalizar, conseguir um novo trabalho, e estar sempre voltando ao Brasil para visitar a família. “ Mas com o passar do tempo, ele foi parando de fazer contato, atualizava sempre o Orkut com fotos de ostentação financeira, mostrando que estava ganhando bem, mas gastando muito também. Eu sentia que aquele não era ele, que ele estava realmente fazendo algo de errado” desabafa Márcia, revelando que a falta de notícias culminou no término do casamento, com o início de um processo de divórcio pedido pela empresária recentemente.

Breno  que, anteriormente, já tinha visitado os EUA três vezes para a disputa de competições esportivas, entrou no país pelo visto B1, de negócios, adquirido na época que ainda era atleta. “ Eu viajei com ele para a Nova Zelândia, para a Inglaterra, para vários países por conta da Ginástica Aeróbica. Ele nunca se recuperou do abandono ao esporte” completa a empresária.

Um nova audiência do caso ainda não foi divulgada.

Fonte: (Da redação)