Publicado em 29/03/2010 as 12:00am

Valadarense é encontrado morto em Medford/MA

A porta do quarto foi arrombada pela polícia e o corpo de Nilson Gomes estava deitado na cama

 

Por Luciano Sodré

O corpo do mineiro de Governador Valadares, Nilson Assunção Gomes, 40 anos de idade, foi encontrado na noite de sexta-feira (26), após os seus companheiros de apartamento acionarem a polícia de Medford, em Massachusetts. Ainda não se sabe a causa da morte, mas os familiares acreditam que tenha sido parada cardíaca.

As informações da morte foram dadas pela irmã do brasileiro, Marilene Gomes Barbosa, que emocionada, contou à reportagem do Brazilian Times, o que teria acontecido. Segundo ela, Nilson Gomes, que há era cidadão norte-americano, sumiu na noite de quinta-feira (25) e só foi encontrado na sexta-feira, por volta das 23 horas. “Os amigos que dividiam apartamento com ele perceberam que algo estava estranho, pois não era do feitio de Nilson agir desta maneira”, fala salientando que eles comunicaram o landlord para chamar a polícia.

Conforme relata Marilene, na quinta seria o dia de Nilson fazer a faxina no apartamento, mas não o fez. No dia seguinte ninguém o viu, “até que um dos roomates percebeu que a porta do quarto estava trancada”.  Foi neste momento que o landlord foi comunicado para que fosse chamada a polícia. Ao chegar ao local, os policiais arrombaram a porta do quarto e para a surpresa de todos, Nilson estava morto, com o corpo estendido na cama.

Marilene lembra que o irmão morava nos Estados Unidos havia 16 anos e que há pouco mais de um ano tornou-se cidadão estadunidense. Em relação às causas da morte, a família aguarda o laudo oficial, mas a irmã acredita que “possa ter sido parada cardíaca gerada pelo excesso de medicamentos”.

Ela explica que Nilson tinha problemas de alegria nesta época do ano e que pode ter exagerado na medicação. “Mas isso é apenas suposição. Estamos aguardando o que a polícia falará”, acrescenta.

Atualmente o mineiro trabalhava em um restaurante, onde desempenhava várias funções e tinha um vasto rol de amigos. Além de Marilene, Nilson tinha mais dois irmãos morando nos Estados Unidos.

 

VELÓRIO

Ainda não ficou definido o dia em que acontecerá o velório, mas Marilene assegura que será neste final de semana. Os amigos e pessoas que queiram participar podem entrar em contato com ela para mais informações através do telefone (857) 523-8239. Quanto ao translado do corpo, ela explica que as despesas já foram custeadas e que não será necessário campanha para levantar fundos. “O corpo será sepultado em Governador Valadares”, conclui.

Fonte: (Da redação)