Publicado em 12/04/2010 as 12:00am

Policial brasileiro de MA é demitido após acusação de espancar Menor

O policial Marcos Freitas foi acusado de espancar Gerard Contaldi, de 17 anos, após o menor chutar uma caixa de lixo próximo à sua viatura há 4 anos

 

O policial Marcos Freitas, bastante conhecido entre a comunidade brasileira da cidade, foi demitido na última semana do Departamento de Polícia de Somerville – MA,  após acusações de espancar um menor de idade em 2006. Com 10 anos de serviços prestados à entidade, ele não conseguiu ceder à pressão do episódio, e teve que se retirar do cargo.

Segundo informações de um jornal local, Somerville Journal, há 4 anos o policial repreendeu Gerard Contaldi, de 17 anos, após o menor chutar uma caixa de lixo pública próximo ao carro de Marcos, na Medford Street, durante as comemorações do St.Patrick’s Day. Gerard acusou o oficial de atacá-lo com golpes que resultaram em ferimentos, um nariz quebrado, e um olho roxo. Ele ainda acrescentou que Freitas estava à paisana e com sinais de que teria consumido bebidas alcoólicas.

O menor de idade estava com amigos no momento do incidente, e foi preso pelo policial à época do acidente. Na audiência que julgou o seu caso, Gerard foi inocentado.

Contaldi entrou com uma ação judicial em dezembro passado, contra sete policiais de Somerville, por ‘uso desmedido da força e por falsas acusações criminais’. Os oficiais Alan Monaco, Robert Kelleher, Kevin Shackelford, Bruce Campbell, Clifford Mansir e James Hodgdon foram listados no processo.

O advogado do menor, Howard Friedman, e o Departamento de Polícia de Somerville – MA, foram contatados pelo jornal local, mas não retornaram as ligações.

Sempre presente em eventos da comunidade brasileira da cidade, Marcos sempre foi considerado um policial próximo da comunidade. Seja  conversando com os brasileiros próximo ao Dunkin Donuts da Broadway, ou cobrindo festas e eventos da cidade, o policial teria conquistado grande respeito e confiança entre os imigrantes.  

Fonte: (Da redação)