Publicado em 14/04/2010 as 12:00am

XII Conferência Latino-Americana na Harvard University

Aconteceu no domingo (11), na Harvard Business School Campus , a XII Conferência Latino-Americana 2010. O evento criado e organizado pelos alunos brasileiros, de origem hispânica e norte-americanos da Havard Businees School reuniu líderes de toda América

 

Por Claudia Carmo


Aconteceu no domingo (11), na Harvard Business School Campus , a XII Conferência Latino-Americana 2010. O evento criado e organizado pelos alunos brasileiros, de origem hispânica e norte-americanos da Havard Businees School reuniu líderes de toda América Latina para tratar assuntos atuais, tendências e questões políticas que moldam o ambiente de negócios, com a finalidade de promover a discussão sobre  negócios nos continentes.

Entre os palestrantes destaque para os ex-presidentes Vicente Foz (México) e Ricardo Lagos (Chile) e o presidente da rede Mcdonalds na America Latina, Woods Staton. Palestraram, também, os brasileiros, o presidente da Globo.com, Juarez Queiroz, o fundador e presidente do Lance, Walter de Mattos Jr. ambos participaram do painel sobre Novas Mídias.

Também ministraram palestra, o sócio do Fundo de Investimentos Gávea, Piero Minardi , o qual participou do Painel sobre Private  Equity. O painel sobre empreendedorismo teve a participação do fundador e presidente do grupo Umbria, Mário Chady.

O gerente de planejamento Estratégico da Petrobras, Marcelo Pinelli , participou do painel sobre Commodities.

Segundo o estudante brasileiro, Pedro Zemel, um dos organizadores do evento, este ano, o foco foi as oportunidades de desenvolvimento. “Acreditamos em uma postura mais executiva em relação ao nosso futuro. Não ignoramos que temos desafios, mas nossa intenção foi usar esta conferência para alavancar o conhecimento e a experiência de líderes, como Vicente Fox, Ricardo Lagos e diversos presidentes das principais empresas da região, inclusive professores da Harvard e alunos cheios de vontade de fazer a diferença”, diz.

Outro painel de destaque, sobre as perspectiva internacional de como fazer negócios na América, chamou bastante a atenção dos participantes, já que o assunto tem sido a primeira escolha para a expansão das empresas sediadas fora da região.

Empresas norte-americanas e européias têm, tradicionalmente, dominado a presença estrangeira na América Latina, mas nos últimos anos algumas empresas asiáticas também multiplicou a sua atividade na região. Neste mesmo painel foram discutidos os motivos porque a América Latina tem sido um mercado tão atraente e como ela é susceptível de evoluir no futuro.

 Mário Chady ficou honrado em participar da conferência e “ser convidado para comandar um dos painéis na conferência”. Para ele, o mais importante foi representar os empreender brasileiros neste evento. “Foi uma oportunidade para fazer um grande network , conhecer pessoas e eventualmente  entender pontos de contato fora do Brasil, até para levar os meus negócios  e conhecer  estudantes brasileiros que estão prestes a retornar ao Brasil”, fala salientando que grande parte tem condições de atuar nas empresas do seu grupo.

 

HISTÓRIA DE CHADY

Mário Chady é um carioca que traz em seu currículo o empreendedorismo, a inovação, trabalho árduo e contínuo e uma capacidade única para transformar o dia-a-dia. Sua estréia no mundo gastronômico aconteceu em 1992, quando inaugurou o seu primeiro restaurante, o Guilhermina Café.  Mas foi em 1999, que ao lado do sócio Eduardo Ourivio, fundaram a Spoleto . “Nós analisamos e percebemos que o mercado fast food estava em expansão e foi isso que nos impulsionou a abrir a Spoleto”, conta acrescentando que priorizaram a qualidade dos produtos oferecidos.

Após dois anos de sua inauguração, a Spoleto ganhou forma de franquia e se consolidou como uma das maiores redes de culinária italiana no mercado brasileiro. Atualmente, o grupo conta com mais de 200 lojas espalhadas em 23 estados no Brasil, além de 15 unidades entre Espanha e México.

O grupo Umbria tem duas fábricas, uma distribuidora e outras marcas de peso no mercado. Também admnistra desde 2004 a Domino’s Pizza e em 2008 adquiriu 80% da rede de fast food japonesa Koni Store. Este empreendedorismo fez com que Chady ganhasse os prêmios Abrasce e Alshop, o Selo de Qualidade da Associação Brasileira de Franquias (ABF), o Prêmio Melhor Empregador do Estado do Rio de Janeiro, o Prêmio Pulo do Gato e o título de empreendedor Endeavor.

Fonte: (Da redação)