Publicado em 16/04/2010 as 12:00am

GMB homenageia três mulheres na festa de 15 anos

Mariete Campitelli, supervisora do programa de HIV e educação do Cambridge Health Alliance, e Zenilda Bastone, uma das primeiras brasileiras a exercer o ativismo comunitário em Massachusetts são as ganhadoras do Prêmio Comunitário "Mangeca Fanghaenel" 201

Mariete Campitelli, supervisora do programa de HIV e educação do Cambridge Health Alliance, e Zenilda Bastone, uma das primeiras brasileiras a exercer o ativismo comunitário em Massachusetts são as ganhadoras do Prêmio Comunitário “Mangeca Fanghaenel” 2010. E a estudante Renata Teodoro, líder estudantil do Movimento de Estudantes Imigrantes (SIM), que luta pelo acesso à universidade, é a receptora do Prêmio Liderança Jovem.

Os Prêmios serão entregues durante a celebração dos 15 anos de trabalhos comunitários do Grupo Mulher Brasileira, dia 15 de maio próximo, das 13 às 14 horas, na Filarmônica Santo Antônio (575 Cambridge Street), em Cambridge.

Este é o quarto ano consecutivo que o GMB confere os Prêmios Comunitários e de Liderança Jovem, e a segunda vez que uma líder do SIM é homenageada. Ganharam o Prêmio omunitário antes Nancy Kelly e John Willshire (2007), Bob Hildreth (2008) e Sylvia Cardim (2009) e o de Liderança Jovem Patricia de Oliveira (2007), Jessica Rodrigues Dias (2008) e Kevin Figueiredo (2009).

As comemorações dos 15 anos do Grupo começaram em fevereiro último com abertura da exposição Mulher no Museu de Somerville. O sucesso foi tanto, que a mostra foi prorrogada por duas semanas. “É uma honra para nós podermos divulgar a arte e a cultura brasileiras. É um prazer e um privilégio podermos reconhecer o trabalho de mulheres lutadoras, humildes, líderanças que ajudam a fortalecer a nossa comunidade”, disse Heloisa Galvão, diretora-executiva e co-fundadora do Grupo.

“Para mim (este prêmio) é  realmente muito representativo por causa da Mangeca, sempre trabalhamos juntas, foi ela que me ensinou a fazer o trabalho que faço. A gente carrega isto para o resto da vida”, disse a paulista Mariete Campitelli que mora em Boston há 12 anos. Mangeca (Maria Angelica) Fanghaenel, que dá nome ao prêmio comunitário, era Coordenadora Clínica do Hospital de Cambridge, participou do Grupo Mulher Brasileira e da organização da comunidade desde seu início. Ela morreu aos 54 anos, em junho de 2006, de câncer de ovário.

A cearense Zenilda Bastone mora nos Estados Unidos há 40 anos e diz que sua proposta de vida é “valorizar a vida, respeitar os seres humanos e usar minha experiencia em beneficio de outros e de minha felicidade propria”. Por 19 anos ela foi trabalhadora de família para o programa Head Start de Somerville.  A catarinense Renata Teodoro, 21, veio para os Estados Unidos aos 6 anos e em 2006 concluiu o segundo grau como recipiente da bolsa-de-estudo Abigail Adams, a qual não pode aceitar devido a status

imigratório. Desde 2008 ela é uma das líderes do Movimento estudantil SIM e atualmente Renata estuda na UMass Boston, nos programas de Psicologia e Serviços Humanos. 

Seguindo uma tradição, o Grupo vai também reconhecer quatro brasileiras que se tornaram cidadãs norte-americanas: Claudia Caldas, Claudia Tamsky e Marineuza Jesus e Neuza Gross. A oradora convidada é a ex-diretora de Programas para Imigrantes do Irish Immigration Center de Bosto, Alexandra Piñeros Shields, que também leciona no Wentworth Institute of Technology.

            O evento do dia 15 de maio é um evento para angariar fundos para o trabalho do Grupo Mulher Brasileira. “Tudo que fazemos é gratuíto. O ano todo trabalhamos para o ortalecimento da nossa comunidade sem cobrar entrada ou qualquer outro tipo de auxílio financeiro da nossa comunidade. Esta é a única vez que pedimos aos nossos parceiros, todos os membros da nossa comunidade, que contibuam para que possamos continuar fazendo o trabalho que fazemos”, disse Heloisa Galvão. O ingresso para o brunch a brasileira do Grupo Mulher Brasileira no dai 15 de maio custa $30 e pode ser adquirido na página do GMB, www.verdeamarelo.org, ou cok cheque enviado ao Grupo. Para mais informações sobre as comemorações dos 15 anos do GMB, ligar para 617-787-0557 ramal 15, ou enviar email para mulherbrasileira@verdeamarelo.org.

 

Fonte: (GMB)