Publicado em 26/04/2010 as 12:00am

Gilvan De Sergipe é eleito para diretoria da ABI-Inter

A Associação Brasileira de Imprensa Internacional é o órgão regulador da ética profissional dos jornalistas no exterior e tem sua sede em Nova York

 

Durante o III Congresso da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), ocorrido na última semana no Broward Center for the Performing Arts, na cidade de Fort Lauderdale, na Flórida, foram realizadas as eleições gerais para a escolha da nova diretoria que assumirá a administração da entidade até 2012. Pela terceira vez, a associação, que tem sua sede em Nova York, promove seu congresso na Flórida, aproveitando o ensejo da realização do seminário internacional de cultura e mídia ‘Focus Brazil’, que atrai milhares de participantes provenientes de diversas partes do mundo.

O III congresso da categoria ocorreu simultaneamente à realização do ‘Focus Brazil 2010’, fórum de debates internacional sobre cultura brasileira que este ano levou à Flórida diversas personalidades do mundo artístico, jornalístico, de publicidade, de marketing, de educação, de negócios, e do Itamaraty, como os embaixadores Oto Agripino Maia, Eduardo Gradilone, o cônsul Luiz Augusto de Araújo Castro, o publicitário Washington Olivetto, os jornalistas Caco Barcellos e Luiz Fernando Silva Pinto – correspondente da TV Globo em Washington -, os cantores Luiz Caldas, Kledir Ramil e Xuxa Meneghel, entre inúmeras outras celebridades.

Atendendo a convites do ex-presidente da ABI-Inter, Roberto Lima, (do Brazilian Voice, de Nova Jersey), de Edilberto Mendes (do The Brazilians, de Nova York) e de Zigomar Vuelma, (do Gazeta Brazilian News, da Flórida) para concorrer às eleições, o jornalista Gilvan De Sergipe, editor-regional do Brazilian Times no estado da Flórida, tomou parte na chapa encabeçada por Zigomar Vuelma, que foi aclamada por unanimidade. Gilvan afirmou em seu discurso que defenderia os interesses do publisher do Brazilian Times, Edirson Paiva, mas sem jamais deixar de promover uma ampla união cerrada na entidade em torno dos projetos apoiados pela maioria. O jornalista assumirá o cargo de 2o Tesoureiro da entidade até 2012.

O ex-presidente da ABI-Inter, Roberto Lima, que presidiu a associação por dois anos, em seu último discurso reconheceu que um dos desafios cruciais para a concretização de  vários projetos foi a separação geográfica de membros da diretoria, que, por atuarem em diferentes estados americanos, puseram em risco a exigência de reuniões frequentes.  O novo presidente eleito afirmou que fomentará a criação de Seções Regionais da entidade para sanar problemas similares. 

A nova Diretoria-Executiva da ABI-Inter é composta por Zigomar Vuelma, Presidente (Gazeta Brazilian News/FL), Breno Da Mata, vice-presidente (Comunidade News/CT), Connie Rocha, 1a Secretária (Gazeta Brazilian News/FL), Paulo De Souza, 2o Secretário (Nossa Gente/FL), Ana Cláudia Martins, 1a Tesoureira (Acontece Magazine/FL) e Gilvan De Sergipe, 2o Tesoureiro (Brazilian Times/FL). O Conselho de Ética é formado por Edilberto Mendes (The Brazilians, NY), Roberto Lima (Brazilian Voice, NJ), Laine Furtado (revista Linha Aberta/FL), Celso Braz (revista Brazil Best/CA), Fernanda Cirino (Gazeta News, FL), Eraldo Manes (B&B/FL) e Márcia Curvo (Site Brasileiros na Holanda, da Holanda). Compõem o Conselho Fiscal Jaroslav Pribyl (Brazilian Pacific Times/CA) e Ady Coutinho (revista Sobre Rodas/FL). O artigo 9o do Estatudo da entidade outorga um mandato de dois anos para os membros da diretoria eleita por Assembléia Geral.

Fonte: (Da redação)

Top News