Publicado em 10/05/2010 as 12:00am

MAPS comemora 40 anos em grande estilo

Aconteceu na noite de sábado (08), o jantar de gala da MAPS (Massachusetts Aliance of Portuguese Speakers), no Marriott Hotel em Cambridge

 

Por Claudia Carmo

Aconteceu na noite de sábado (08), o jantar de gala da MAPS (Massachusetts Aliance of Portuguese Speakers), no Marriott Hotel em Cambridge . O evento reuniu 400 pessoas das comunidades brasileira, portuguesa e cabo-verdiana, entre americanos que brindaram os  40 anos da MAPS.

A festa foi marcada pela arte representando os países, todos os convidados tiveram a oportunidade de conhecer um pouco sobre as culturas dos países de língua portuguesa.  O evento começou com a apresentação multicultural ,dirigida por Robson Lemos, homenageando todos os países de língua portuguesa , com o som do grupo Afro Brasil,  junto com Davi e sua banda. “ Para montar o espetáculo pensamos no que tinham em comum ,todos os países que falam a língua portuguesa, pegamos as conquistas marítimas de Portugal, e fizemos uma jangada com a bandeira de Portugal. O grupo Afro Brasil tocou a percussão junto com o Davi, que cantou uma  musica do Dorival Caymmi, que fala de jangada,  assim  homenageamos todos os países que falam língua portuguesa com um desfile de bandeiras destes países”, conta Robson. As apresentações continuaram com o grupo de folclore português Corações Lusíadas e com um grupo de cabo-verdianos que cantaram uma canção que tem mais de 500 anos .

No decorrer do evento algumas pessoas foram homenageadas pela MAPS recebendo um troféu pela colaboração com o trabalho ao MAPS e as comunidades. Eduardo Siqueira , e  brasileiro, professor da Universidade de Massachusetts  e  trabalha com saúde comunitária. “ O meu trabalho com o MAPS e mais recente e o premio que ganhei hoje foi pelo  reconhecimento de um trabalho, que eu fiz por muitos anos, um projeto que eu tinha chamado ‘’ parceria”, que foi um trabalho grande de educação dos trabalhadores brasileiros sobre a saúde deles no trabalho para proteger de acidentes de lesões “, diz.

A portuguesa Helena Santos Martins ‘’e medica  e trabalha no Cambridge Health Alliance “Com o MAPS eu faço palestras em português para os clientes da MAPS ,muitos são meus pacientes. Faço programas de educação sobre saúde, quando a MAPS quer que as pessoas façam teste de HIV eles podem ter uma mesa na clinica e expor para nossos pacientes os serviços que eles tem. Fazemos o encaminhamento dos pacientes da terceira idade para o centro de atendimento. Fazemos um trabalho de parceria há 13 anos desde quando eu vim para Massachusetts. Esse trabalho para mim e extremamente gratificante, porque se não fosse a MAPS não tínhamos outras organizações da comunidade das quais nos pudéssemos encaminhar nossos pacientes”, conta .

Outra homenageada foi a cabo-verdiana Alice Gomes, que trabalha com a comunidade de seu pais. “Eu gostei muito do evento, a MAPS sabe fazer uma festa, e eu fiquei muito feliz em ser homenageada pelos meus trabalhos voluntários coordenando agencias para ajudar a comunidade cabo-verdiana”.

Para Paulo Pinto , Diretor Executivo da MAPS, há  dez anos o evento foi um sucesso e ficou surpreendido ao receber o troféu como reconhecimento de seu trabalho como diretor executivo. “Para mim foi uma surpresa, ate mesmo porque estes dez anos se passaram muito rápido e eu espero que o nosso trabalho continue e tenha mais sucesso ainda, porque já conseguimos muito mas temos que fazer muito mais, então e um prazer e me sinto orgulhoso de ter o privilégio de servir como diretor executivo e com uma equipe fantástica tão diversificada com funcionários portugueses, cabo-verdianos, Guine Bissau e brasileiros, que representam  quase todos os países da língua portuguesa, a nossa direção que também ‘’e fantástica e representam muito bem a nossa comunidade, a Sara de Oliveira, que eu adoro, ela também e membro da direção, advogada, nasceu no Brasil e veio para os EUA ainda pequena com os pais e hoje ela ‘’e um sucesso como advogada e foi a nossa mestre de cerimônia de hoje, ela ‘’e um exemplo para os nossos jovens seguirem. Ver a nossa comunidade crescer, depois de chegarem aqui sozinhos, sem ajuda, hoje eles próprios tem a sua voz, são hoje médicos, advogados e professores que vimos hoje serem homenageados  isso ‘’e fantástico de se ver”” , diz emocionado.

Os convidados ficaram satisfeitos com a festa que também teve leilão de obras de artes e  TV e recebeu donativos de muitas empresas de Massachusetts.

Heloisa Galvão, grupo Mulher Brasileira, elogiou o trabalho dos organizadores “” O evento foi fantástico, eu acho que a MAPS a cada dia une mais todas as  comunidades faz um trabalho excelente eu acho que esses 40 anos ‘’e o coroamento deste trabalho maravilhoso que eles tem feito. Estão de parabéns.

Shirley Farber, Bate Papo Magazine, também parabenizou a equipe de organização, “De todos os eventos da MAPS que eu já fui esse e o maio deles, são 400 pessoas reunidas num evento muito bonito, que mostra como a MAPS consegue unir as varias comunidades brasileira, portuguesa e  cabo-verdiana. Realmente eles estão de parabéns”, finaliza.

Fonte: (Da redação)