Publicado em 24/05/2010 as 12:00am

Estudantes propõe anistia mediante alistamente militar

Um grupo de apoio aos estudantes indocumentados, está planejando pressionar o senador Scott Brown pedindo apoio para um projeto de lei que legalizaria estudantes que se alistarem ao exército americano

 

Um grupo de apoio aos estudantes indocumentados, está planejando pressionar o senador Scott Brown pedindo apoio para um projeto de lei que legalizaria estudantes que se alistarem ao exército americano.

A associação Student Immigrant Movement (SIM), afirma já ter coletado mais de 1000 cartas de suporte à causa do Dream Act, que daria condições ao indocumentado de ter igualdade de direitos com o norte-americano dentro das instituições de ensino do país. A nova proposta apoiada pela entidade, daria residência permanente para aqueles estudantes que se servirem às forças armadas do país.

Uma representante do SIM, Kyle de Beausset, disse que Brown demonstrou  interesse na proposta envolvendo a questão militar, após um encontro com alguns membros da organização , no começo do mês. A brasileira Renata Teodoro, diretora de desenvolvimento da SIM, afirmou à Associated Press que quer reunir estudantes que se interessam pela carreira militar, para se encontrar com o senador, e pedir apoio à medida.

O porta-voz do senador, Gail Gitcho, disse que Brown pretende  rever a legislação vigente quando a proposta for para votação ou entrar em pauta no senado.

Organização já conseguiu apoio de vários congressistas para Dream Act

Em julho de 2009, aproximadamente mil estudantes foram até Washington D.C na tentativa de conseguir a assinatura de congressitas em favor do ‘Dream Act’ , proposta de lei que regulamentaria direitos ao jovem indocumentado de concluir seus estudos no país. “ Conseguimos 10 assinaturas e atualmente temos um total de 91 entre congressistas de vários estados. Precisamos de 219 para pleitear que a lei entre em vigor. Precisamos de mais assinaturas em New England, mas estamos confiantes que iremos conseguir” afirma Renata Teodoro em entrevista à época do fato.

No site da organização (http://simforus.com) eles lançaram uma campanha incentivando todo estudante indocumentado a trabalhar em prol de sensibilizar um congressista para abraçar a causa. “ Nós devemos ligar todos os dias para deixá-los saber. Ache o seu representante ou senador! Convide-o para ser um aliado na causa do ‘Dream Act’ ” afirmam no site.

Fonte: (Da redação)