Publicado em 18/06/2010 as 12:00am

Brasileiro dedetizador é preso durante limpezas em MA

Josimar Ferreira foi indiciado sob acusações de trabalhar com malathion e carbaryl, pesticidas de agricultura que foram banidos do uso doméstico. Ele realizava trabalhos nas regiões de Quincy, Somerville, Malden, e Everett

Um brasileiro que trabalha com dedetização  de casas em Everett – MA, foi preso na terça – feira (15), por utilizar pesticidas proibidos e também por atuar sem certificação apropriada.

Horas após ser preso, Josimar Ferreira foi indiciado sob acusações de trabalhar com malathion e carbaryl, pesticidas de agricultura que foram banidos do uso doméstico. Ele realizava trabalhos nas regiões de Quincy, Somerville, Malden, e Everett.

Os problemas se iniciaram no ano passado quando, de acordo com a Federal Court em South Boston, Ferreira utilizou o material num apartamento da cidade e recebeu diversas reclamações do moradores do prédio acerca do forte cheiro deixado pelos produtos  tóxicos. Jasmine Holden,  de 24 anos, disse que o brasileiro jogou os pesticidas em todo o seu apartamento, incluindo o berço de sua filha de apenas 8 meses. “ Ele fez um trabalho terrível, destruiu meu apartamento, jogando esses pesticidas, e deixando o local inabitável por vários dias” diz a jovem, que contatou o Departamento de Agricultura para reclamar do serviço desempenhado pelo brasileiro.  “ Minha filha estava rastejando com suas mãos e joelhos no local infectado e poderia ter ficado muito doente com o contato com aqueles químicos. Eu o contatei a empresa dele para limpar meu apartamento de cima a baixo, mas apesar de todo inconveniente, a casa ainda está cheia de bichos ”  revela Jasmine, que afirma que teve que se mudar da casa onde residia.

O advogado de defesa, entrou com uma apelação na justiça, afirmando que o brasileiro é inocente das acusações de utilizar químicos proibidos. Josimar está mantido sob custódia de agentes da Immigration and Customs Enforcement (ICE). Segundo informações divulgadas pelo jornal Boston Globe, o brasileiro teria entrado no país em 1996 com um visto de turista, e desde então se encontrava no país ilegalmente. Ele vivia em Everett há 5 anos, próximo à sede da sua empresa de dedetização, TVF Pest Control, e é casado há 14 anos, tendo um filha de 9 anos de idade.

A pena máxima para quem violar as regulações de segurança em dedetizações é de um ano de prisão ou uma multa de $25.000, ou até mesmo os dois. No caso do brasileiro, promotores afirmam que eles não vão pedir cadeia para Josimar, mas a deportação é uma possibilidade em vista.

A empresa de Josimar também tem filiais em New York e New Jersey, sendo que a última também já foi alvo de uma reclamação no Departamento de Proteção ao Meio Ambiente do estado. Como ele reside em Massachusetts e não foi encontrado à época, também foi expedida uma citação judicial contra o brasileiro, contando também o Departamento de Recursos Agrícolas de Massachusetts, para conduzir uma investigação acerca dos problemas, na qual foi identificado que a empresa de Ferreira não possuía licença para funcionar. O brasileiro aguarda uma nova data de julgamento.

Fonte: (Da redação)