Publicado em 28/06/2010 as 12:00am

Incêndio destrói restaurante brasileiro em Marlborough/MA

Um prédio em cima do estabelecimento, onde moravam aproximadamente 10 brasileiros, também sucumbiu ao fogo e desabou em chamas

Por Marcelo Zicker

Um restaurante brasileiro desabou em chamas na manhã de sábado(26), em Marlborough – MA, após um incêndio que durou mais de 6 horas. Bastante freqüentado pela comunidade da região, o Central West Grill Restaurant,  ficava embaixo de um prédio onde residiam dezenas de brasileiros,  que também sucumbiu ao fogo. Não houveram vítimas gravemente feridas durante o incidente.

Mais de 100 bombeiros trabalharam na contenção do incêndio,que insistia em avançar, chegando até mesmo a ameaçar um banco próximo ao local. Segundo o Marechal Stephen D. Coan, as causas da tragédia ainda estão sob investigação. Após o início do fogo, os residentes foram rapidamente evacuados do local, o que evitou vítimas. “ Foi muito triste. Ainda estou em choque. Um amigo meu perdeu tudo que tinha na casa, além de $5.000 dólares que ele guardava debaixo do colchão.   Ele e pelo menos uns 10 brasileiros perderam tudo o que tinham, anos de trabalho e esforço viraram cinzas” testemunha um brasileiro que reside na cidade.

Segundo ele, há suspeitas que o fogo tenha começado no banheiro do restaurante, por algum problema elétrico. “ Me falaram  o fogo começou por lá e foi se espalhando rapidamente. De repente, tudo já tava pegando fogo e sendo destruído. Os bombeiros não conseguiam apagá-lo, ninguém acreditava no que via” desabafa o brasileiro que preferiu manter o anonimato, questionando o tempo que se levou para conter as chamas.

O Departamento de Bombeiros da cidade, está trabalhando com várias hipóteses de causas. A possibilidade do fogo ter se iniciado no banheiro ainda não está sendo cogitada, segundo o marechal Coan.  “ Inicialmente, nossa equipe fez um bom trabalho tentando conter o fogo, mas o incêndio estava muito agressivo, foi realmente um grande desafio conseguir pará-lo” disse, em comunicado

Fonte: (Da redação)