Publicado em 12/07/2010 as 12:00am

Manifestantes em Boston pressionam governadora do Arizona

O encontro, ocorrido no Sheraton Hotel em Boston, nesse fim de semana, foi alvo de protestos de organizações pró-imigrantes, principalmente pela presença da governadora do Arizona, Jan Brewer

 

Em conferência sediada em Boston, que reuniu 36 governadores de todo o país, para discutir políticas públicas, contenção de gastos e tratar de temas prioritários no âmbito nacional, um assunto foi aguardado ansiosamente por muitos residentes do estado de Massachusetts, a Imigração.

O encontro, ocorrido no Sheraton Hotel em Boston, também foi alvo de protestos de organizações pró-imigrantes, principalmente pela presença da governadora do Arizona, Jan Brewer, que assinou uma polêmica lei de combate à imigração em seu estado , que torna a ilegalidade um crime.

Muitas das mensagens dos protestantes faziam referência à participação dos imigrantes na construção e prosperidade do país, como também, culpando a política internacional dos EUA , para o avanço da ilegalidade. “ Muitas das políticas internacionais dos EUA, como o tratamento dado à América Central nos anos 80, tem causado muitas das condições econômicas precárias em países como o México, El Salvador, Nicaragua, Guatemala e Colômbia” disse Brian O’Connel, de Jamaica Plan, ao jornal Boston Globe. Para ele, que foi ao protesto juntamente com a sua esposa, Jenna, ‘esse é o motivo principal para os imigrantes chegarem ao país’.

Organizações de suporte aos imigrantes ao longo da Costa Leste, mandaram representantes para a passeata, onde centenas de pessoas compareceram, clamando por uma reforma imigratória, com discursos e bandeiras. Muitos carregavam cartazes com a foto de Brewer e dizeres como ‘racista’ ‘intolerante’ e ‘ Boicote o Apartheid do Arizona’.

A lei SB1070,  assinada pela governadora esse ano, dá autoridade de policiais locais de abordarem  pessoas que se ‘parecem’ com imigrantes, para conferir a sua legalidade. A atitude reverberou com muitos protestos ao longo do país, chegando até a culminar em cancelamento de shows por artistas no estado, e boicote de empresas.

Governadores divididos no tema

Durante o encontro, poucos foram os governadores que expressaram suas opiniões acerca da lei do Arizona,embora tenha se falado que a parcela de apoio estava em pé de igualdade com os contrários às políticas de combate ao problema no estado. O governador de Massachusetts, Deval Patrick, apesar de já ter afirmado que nunca assinaria nenhuma lei semelhante à SB1070 em seu estado, disse que a governadora ‘é muito bem-vinda em Massachusetts’. Com o mesmo discurso, porém mais incisivo no seu posicionamento, o governador de Illinois, Pat Queen, afirmou que ‘ é claramente um lei que fomenta o preconceito racial, e que deve ser banida’.

Fonte: (Da redação)